Arquivo Jogos

Servidores do PlayStation Now poderão utilizar hardware modificado equivalente ao de oito PS3

Giovana Penatti
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Uma fonte desconhecida disse ao Digital Foundry que, para criar os servidores do PS Now, a Sony optou por criar servidores que utilizam hardware customizado equivalente ao de oito PS3 em uma única placa-mãe.

O site afirma que o plano inicial era utilizar consoles comuns, iguais ao que você tem em casa, nos data centers. No entanto, essa opção logo se tornou inviável. É que, com o hardware modificado, se ocupa menos espaço, gasta menos energia e dá para diminuir a latência ao mudar a configuração do console e eliminar milissegundos em alguns processos. E, de fato, vários jornalistas que testaram o PS Now na CES deste ano disseram que a latência é imperceptível.

sony-playstation-now

A questão dos servidores, ainda de acordo com essa fonte não identificada, foi um ponto complicado para a Gaikai, empresa de streaming de jogos que foi adquirida pela Sony. Ela é especializada em software e, com o PlayStation Now, encontrou um problema que não conseguiria resolver sem um hardware dedicado. Foi necessário unir esforços com os engenheiros da Sony para chegar a uma solução.

O PS Now entrará, no fim deste mês, numa fase beta nos EUA. Ainda neste ano, o serviço deve estar disponível para o resto do país. O informante do Digital Foundry ainda entregou mais datas: Japão e Coréia recebem o PS Now no final de 2014 e a Europa, só no ano que vem. Para o Brasil, nem o menor sinal.

Com informações: Gamespot

Giovana Penatti

Ex-editora

Giovana Penatti é jornalista formada pela Unesp e foi editora no Tecnoblog entre 2013 e 2014. Escreveu sobre inovação, produtos, crowdfunding e cobriu eventos nacionais e internacionais. Em 2009, foi vencedora do prêmio Rumos do Jornalismo Cultural, do Itaú. É especialista em marketing de conteúdo e comunicação corporativa.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque