Arquivo Telecomunicações

Anatel promete normalizar atendimento telefônico na próxima semana

Emerson Alecrim
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Não deveria ser assim, mas muita gente só consegue resolver problemas com a sua operadora de telefonia ou TV por assinatura registrando queixas na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O problema é que há mais de um mês que o call center da entidade não funciona devidamente, como reportamos aqui no Tecnoblog. Felizmente, o atendimento deverá ser normalizado a partir da próxima semana.

A Anatel informou que o seu call center era operado pela Telco do Brasil desde 2009 e que o contrato com a empresa foi encerrado no início deste mês (abril). O motivo é a capacidade operacional abaixo do esperado, segundo a Anatel, situação que vinha impedindo o atendimento a todas as solicitações.

À Agência Brasil, a Telco explicou que, na verdade, a rescisão contratual foi uma decisão da própria empresa. De acordo com Marco Saad, diretor da companhia, a Anatel teve um problema orçamentário em 2013 que a levou a diminuir a demanda pelos serviços de call center. Para equilibrar as suas operações, a Telco teria pedido então uma readequação do valor pago por chamada atendida, mas houve negativa da Anatel, fazendo a empresa decidir por não continuar com o contrato.

anatel-sede-agencia-nacional-telecomunicacoes

É difícil apontar qual lado tem razão nesta história, mas o fato é que os problemas com a Telco não são recentes: em abril de 2013, funcionários da empresa que atuavam no call center chegaram a fazer greve por conta de supostos problemas trabalhistas.

O call center será assumido pela Call Tecnologia e Serviços, empresa que ficou na segunda colocação da licitação feita em 2009. Segundo a companhia, 150 novos atendentes trabalharão no serviço, dobrando o quadro de funcionários existente até então. A nova equipe deverá começar a atuar a partir da próxima segunda-feira (14).

O atendimento da Anatel funciona gratuitamente de segunda a sexta-feira, das 8h00 às 20h00, por meio dos telefones 1331 e 1332, este último para deficientes auditivos. Há também atendimento presencial, por carta ou internet. No caso de queixas, o consumidor só pode recorrer à Anatel depois de ter tentado resolver o seu problema junto à operadora. Para tanto, a entidade esclarece que é importante informar um número de protocolo fornecido pela empresa para efetuar a reclamação.

As queixas válidas são então repassadas às operadoras, que têm cinco dias úteis para dar uma resposta, sob pena de multa e outras sanções. De acordo com a Anatel, 3,1 milhões de reclamações foram registradas em 2013, com 82% delas tendo sido atendidas dentro deste prazo.

Emerson Alecrim

Autor / repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais, negócios e transportes. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém um site chamado InfoWester.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque