Arquivo Brasil

Câmara planeja gastar R$ 118 mil com iPhone 5s, Lumia 1020 ou Galaxy S4 para deputados

Paulo Higa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A Câmara dos Deputados pretende comprar nos próximos meses novos smartphones para substituir os atuais Nokia E72 dos parlamentares, que são usados desde 2011. Nesta quinta-feira (8), a Casa vai abrir uma cotação para adquirir 43 aparelhos para integrantes da Mesa Diretora e líderes de partidos, que devem receber um Galaxy S4, Lumia 1020 ou iPhone 5s com conexão 4G.

plenario-da-camara-federal

iPhone 5s, de R$ 2.799, é um dos smartphones que podem ser comprados pela Câmara

iPhone 5s, de R$ 2.799, é um dos smartphones que podem ser comprados pela Câmara

De acordo com a Folha de S.Paulo, os gastos com a compra dos novos smartphones estão previstos em R$ 118 mil. Os aparelhos mais caros ficarão restritos à cúpula da Câmara, enquanto 50 smartphones mais simples, que não podem ultrapassar R$ 1.000, serão distribuídos para o Departamento de Polícia e a Secretaria de Comunicação.

Integrantes da Mesa Diretora e líderes de partidos têm direito a duas linhas sem custos e sem limite de gastos, que permitem inclusive ligações tanto para dentro quanto para fora do Brasil.

Os 513 deputados federais possuem até seis linhas de telefone, sendo que as despesas entram na cota parlamentar, com limites que variam dependendo do estado de origem do deputado e vão de R$ 27.977,66 (DF) a R$ 41.612,80 (RR) por mês. A cota parlamentar também cobre gastos com aluguel de escritório, combustível, alimentação, passagens aéreas, entre outras despesas. O salário de um deputado federal é de R$ 26.723,13.

Segundo a Câmara, trata-se de um pregão para registro de preço e não haverá obrigação em comprar todos os celulares ao mesmo tempo. Os smartphones serão adquiridos “de acordo com a necessidade” (seja lá o que isso signifique).

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista, com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque