Arquivo Gadgets

Financie isso: faça fotos e vídeos full HD em 360 graus com a 360cam

Agora você pode ter um "Google Street View" particular em suas mãos

Emerson Alecrim
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

360cam

E se você pudesse cobrir as suas viagens ou aquelas festas imperdíveis com uma câmera que registra vídeos e fotos em 360 graus, no melhor estilo Google Street View, mas em alta definição? Pois a 360cam é uma câmera compacta que oferece justamente esta possibilidade e que acaba de entrar em campanha no Kickstarter.

Desenvolvido por uma companhia francesa de nome Giroptic, o dispositivo cabe na palma da mão – possui 6,9 cm de largura e altura, além de 180 gramas de peso – e tem um formato que lembra uma pera. Este design peculiar é essencial para o funcionamento da câmera: a parte mais fina, no topo, concentra três lentes do tipo “olho de peixe” que, juntas, conseguem capturar imagens simultâneas de vários ângulos.

Cada lente possui 8 megapixels, sendo capaz de registrar imagens com resolução de até 4096×2048 pixels, além de vídeos com 2048×1024 pixels e 25 ou 30 frames por segundo. Há suporte para três modos de funcionamento: HDR, timer e timelapse.

360cam - captura

Para armazenamento de dados, o usuário deve recorrer a um cartão microSD de até 64 GB. As especificações da 360cam incluem ainda bateria de 1.180 mAh, Wi-Fi 802.11n, giroscópio para estabilização de vídeos, porta microUSB (por onde a bateria é recarregada), três microfones para áudio 3D, GPS e um display formado por LEDs que dá um aspecto bem bacana ao dispositivo. Só não há uma tela para visualização das imagens diretamente na câmera.

Dá para incrementar a 360cam com acessórios opcionais, todos muito interessantes. Um deles é um dock que adiciona suporte a uma porta Ethernet, útil para transmissões em tempo real que exigem conexões mais estáveis. Outro é uma espécie de óculos que protege as lentes da água, obrigatório para capturas feitas num cachoeira ou numa praia, por exemplo.

Underwater lens - 360cam

Mas o que mais chama atenção é um acessório que permite colocar a 360cam no lugar de uma lâmpada, o que a torna útil para cobrir um evento do alto ou mesmo para usá-la como uma câmera de segurança permanente, uma vez que o dispositivo consegue obter energia dali. Uma ideia genial, convenhamos!

360cam - lâmpada

Como se não bastasse, há apps para iOS e Android que dão maior controle sobre a 360cam (dá para visualizar as imagens capturadas quase que em tempo real e enviá-las para redes sociais, por exemplo), além da possibilidade de utilizar a câmera em conjunto com o Oculus Rift.

Por que é legal? A 360cam enriquece enormemente os registros de uma viagem ou a cobertura de um show – além das imagens em vários ângulos, os microfones permitem uma ótima captura de áudio (aparentemente).

Por que é inovador? Porque a Giroptic concentrou todos estes recursos em uma câmera compacta, leve e fácil de transportar.

Por que é vanguarda? A 360cam permite a captura de imagens e vídeos de uma maneira que lembra as câmeras GoPro ou mesmo o sistema do Google Street View, só que de uma maneira bem menos complexa.

Vale o investimento? Se você é a pessoa que está sempre com a câmera nas mãos durante os eventos, provavelmente sim. A 360cam custa a partir de US$ 299 no Kickstarter (havia uma opção de US$ 249 que esgotou). O dispositivo com o conjunto completo de acessórios sai por US$ 689. Há um adicional de US$ 20 no envio para fora dos Estados Unidos ou da Europa.

Será que a bateria da 360cam tem boa autonomia? A qualidade das imagens convence? Só mesmo adquirindo uma para descobrir. Mas tem muita gente disposta a arriscar: a meta de arrecadação é de US$ 150 mil, mas a campanha já havia superado os US$ 240 mil na publicação deste post. E ainda faltam 43 dias para o seu término. As entregas devem começar em novembro deste ano.

Emerson Alecrim

Autor / repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais, negócios e transportes. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém um site chamado InfoWester.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque