Arquivo Curiosidades

Robotic Falconry, um drone que “caça” drones disparando uma rede

Emerson Alecrim
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Robotic Falconry

Os drones são uma das invenções mais interessantes dos últimos tempos, mas nem sempre é conveniente que eles voem por aí. Dependendo das circunstâncias, pode ser necessário até derrubá-los. Essa é a missão do Robotic Falconry, como vem sendo chamado: trata-se de um drone que foi desenvolvido para “caçar” outros drones.

Apesar do nome, o Robotic Falconry não lembra uma ave. Na verdade, a aeronave pouco difere de um drone convencional. O que o torna distinto é a presença de uma rede que é lançada na direção do inimigo.

Você já deve ter sacado a ideia: o Robotic Falconry persegue o alvo e, quando se aproxima o suficiente, dispara a rede. Esta envolve todo o drone e, consequentemente, o faz parar de voar. A melhor parte é a rede continua ligada ao Robotic Falconry por uma fina corda, logo, a “caça” pode ser transportada para averiguação ou simplesmente recolhida.

O projeto está sendo desenvolvido na Universidade Tecnológica de Michigan. O engenheiro mecânico Mo Rastgaar, principal nome por trás do projeto, explica que teve a ideia de criar o Robotic Falconry ao descobrir que autoridades cogitavam utilizar atiradores profissionais em eventos como a Copa do Mundo de Futebol para interceptar drones xeretas.

A invenção se mostra como uma solução para esses casos porque, como o drone bisbilhoteiro é capturado com uma rede, não há o risco de a aeronave cair sobre pessoas que estão na arquibancada de um estádio, por exemplo.

Outra vantagem: o Robotic Falcon é operado via controle remoto, mas pode ser programado para atuar de modo autônomo ou misto. Neste último caso, o drone pode, por exemplo, perseguir um alvo, mas o disparo da rede fica por conta do operador.

Se por alguma razão as autoridades acharem que o Robotic Falconry não é suficiente, tecnologias alternativas não faltam. Há de rifles que disparam ondas de rádio para derrubar a aeronave a sistemas antidrone de longo alcance.

Com informações: Mashable, Michigan Tech News

Emerson Alecrim

Autor / repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais, negócios e transportes. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém um site chamado InfoWester.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque