Arquivo Legislação

Fim da linha para o What.CD

Maior tracker privado focado em compartilhamento de músicas fecha as portas

Paulo Higa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Mais um site de torrents está fechando as portas em 2016. O What.CD, maior tracker privado focado em compartilhamento de músicas, suspendeu suas atividades nesta quinta-feira (17) por tempo indeterminado. Não está claro o motivo da decisão, mas informações da mídia francesa dão conta de que os servidores do site foram apreendidos pela polícia.

Segundo o TorrentFreak, o What.CD surgiu em 2007, alguns dias depois do maior tracker privado de músicas da época, o OiNK, ter desaparecido da internet. Desde então, o site conseguiu mais de 200 mil usuários, mesmo com um processo rígido para aprovar a entrada de novos membros: havia páginas com dicas de como passar pela entrevista, que consistia em perguntas técnicas sobre qualidades e formatos de áudio.

whatcd

Na página oficial e no Twitter, há apenas a informação de que o What.CD está fechando as portas “devido a alguns acontecimentos recentes” e que “todas as informações do site e dos usuários foram destruídas”, acrescentando que um retorno é pouco provável. Na madrugada desta sexta-feira (18), o tracker negou os relatos de que os bancos de dados do What.CD foram apreendidos.

Zataz afirmou que o fechamento aconteceu depois dos 12 servidores do tracker, hospedados na OVH, terem sido apreendidos pela polícia francesa. Mesmo com a negativa do What.CD, o jornal Le Monde reforçou a informação de que os servidores foram confiscados, citando o secretário-geral da Sacem (Sociedade dos autores, compositores e editores de música, na sigla em francês), David El Sayegh.

O What.CD estava na mira das autoridades francesas desde o final de 2015 e era considerado a fonte mais importante de pirataria de músicas pela Sacem. A acusação é de que o tracker privado gerou mais de 40 milhões de euros em prejuízos para os produtores de músicas representados pelo órgão.

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista, com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque