Arquivo Jogos

Activision Blizzard quer vender cinematics de jogos como filme

Rafael Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Com o lançamento de StarCraft II, a Blizzard também incluiu no jogo várias cutscenes, vídeos que são mostrados entre missões e que contam uma história envolvendo os personagens do game. Eu já zerei o jogo e posso dizer: são muitos vídeos. Com certeza há mais de uma hora de filme, se todos os pedaços forem editados e unidos. E é exatamente isso que o CEO da Activision Blizzard pretende fazer.

A própria Blizzard, no entanto, já faz isso com os próprios jogos há bastante tempo. As cinematics da primeira versão de StarCraft, por exemplo, são vendidos em DVD na loja própria por 10 dólares. Mas Bobby Kotick, CEO da Activision Blizzard, tem uma ideia diferente.

Kerrigan is not amused.

Kotick disse durante uma conferência que “se nós pegássemos essa hora [de cinematics], retirarmos do jogo e apresentarmos para nossas audiências, cujas informações de cartão de crédito nós já temos, como um filme de StarCraft […] ele seria o equivalente a um sucesso de bilheteria”. Não entendeu? Deixa eu desenhar: o que a Blizzard pratica agora é um CTRL+C, CTRL+V dos vídeos. Kotick quer fazer um CTRL+X e CTRL+V, retirando as cinematics do jogo e vendendo-as separadamente.

Os filmes seriam vendidos por 20 ou 30 dólares cada, de acordo com o CEO, que disse que pretende começar a oferecer tais esse tipo de distribuição dentro dos próximos 5 anos. Eu rio da cara dele agora mesmo ou deixo para rir daqui a cinco anos?

Com informações: Kotaku.

Rafael Silva

Rafael Silva tem 27 anos, estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Tem uma queda pela Apple na área de dispositivos móveis, mas sempre usou Windows em todos os seus notebooks e desktops. Vez ou outra fala alguma coisa interessante no Twitter: @rafacst. [Envie um email]

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque