Google Android? Não no tablet da HP

Thássius Veloso
Por

A febre dos tablets não para de crescer. Nessa semana a Research In Motion (RIM), fabricante do BlackBerry, apresentou ao mundo o seu PlayBook, um tablet com processador dual-core de 1 GHz que roda uma plataforma desenvolvida pela empresa QNX, comprada recentemente por ela. Também teve o Samsung Galaxy Tab, rodando Android, que parece ser a grande promessa para dispositivos móveis dessa categoria.

Menos aqueles que levarem a marca da HP.

A tradicional e maior fabricante computadores pessoais do mundo informou nessa quarta-feira que não tem qualquer intenção de colocar o sistema desenvolvido majoritariamente pelo Google em seus futuros produtos do tipo tablet. Duvida? Foi o próprio diretor de mobilidade da empresa quem falou. Veja só:

“A HP está no caminho para entregar um computador do tipo tablet rodando WebOS no início do ano que vem, bem como o tablet baseado em Windows que vai ser lançado mais cedo.”, disse Jon Rubistein.

Esclarecedor, mas poderia ser ainda mais caso o executivo fosse identificado como ex-presidente da Palm. Sim, Jon Rubistein era CEO da fabricante de dispositivos móveis quando negociou a venda da empresa para a HP. Lembro até hoje dele fazendo keynote de apresentação do Palm Pre, sentindo-se o próprio Steve Jobs.

O que importa é que a HP já deixou bastante claro: não pretende mais usar o Android em um tablet. No entanto, garante para 2011 produtos rodando Windows e WebOS (adaptado para esse tipo de uso, esperemos).

Com informações: Digital Daily.

Relacionados

Relacionados