Dell obriga seus 25 mil empregados a usar Windows Phone

Thássius Veloso
Por

Se eu sou fabricante de um dispositivo que usa a plataforma da empresa A, por que diabos forneço dispositivos rodando a plataforma da empresa B para meus funcionários? Essa pergunta foi possivelmente feita pelos acionistas da Dell, querendo explicações sobre os inúmeros BlackBerries usados pelos funcionários da companhia. Resultado: uma migração em massa para o Windows Phone.

Foi nessa semana que a empresa do legendário Michael Dell, que já caçoou da Apple e depois teve que engolir o que disse, anunciou que os seus funcionários deveriam trocar os BlackBerries que usam atualmente por aparelhos que utilizem o Windows Phone 7. A Dell é uma das fabricantes de smartphones que abraçou a plataforma da Microsoft e já apresentou ao mercado um aparelho – o Dell Venue Pro – com o WP7.

Por sinal, vai ser exatamente esse aparelho que a Dell vai distribuir. Seus funcionários deverão entregar os BlackBerries que usam atualmente e retirar um Venue Pro com Windows Phone 7. Detalhe: são 25 mil funcionários que possivelmente trocarão de plataforma, um número que certamente vai impulsionar as estatísticas referentes ao Windows Phone logo no seu lançamentos.

Justificando a decisão, a Dell informou que vai economizar cerca de 25% de seu orçamento para comunicações móveis, uma vez que não vai mais depender de servidores específicos para as tecnologias de comunicação proprietárias da RIM. Ainda em busca de corte de custos, a empresa cogita comprar planos de voz e dados para toda a corporação junto às operadoras, em vez de assinar planos individuais para seus funcionários.

Reza a lenda que, no futuro, é capaz que a Dell aceite que os empregados usem aparelhos com Google Android.

Com informações: WSJ.com