Google lança plug-in que integra Docs e Office

Thássius Veloso
Por

Por essa eu não esperava. O Google liberou nessa segunda-feira um novo plugin oficial que faz algo que nós esperávamos há muito tempo – ainda mais gratuitamente: integrar o Google Docs com o Microsoft Office. O melhor dos dois mundos fica disponível ao usuário com apenas alguns cliques e a instalação do Google Cloud Connect.

A novidade é perfeita para quem quer usar tanto o Microsoft Office como o Google Docs. O plugin é instalado no computador – por enquanto somente no Windows – e adiciona uma nova faixa na interface do Office, a partir da qual o usuário consegue visualizar a URL do documento que está editando no sistema de armazenamento do Docs. Basicamente o que acontece é um backup do documento, que é enviado para os servidores do Google e fica imediatamente acessível por meio do Docs.

Barra do Cloud Connect no Office (divulgação/Google) | Clique para ampliar

Diferentemente do Google Docs, no qual as alterações são salvas em tempo real e quase nunca o usuário precisa salvar documentos, no Office a empresa de buscas preferiu manter o botão de salvar. De acordo com eles, isso se deve à experiência de usuário: as pessoas estão acostumadas a salvar documentos dentro do Office de forma manual, e não cabe ao Google modificar como isso funciona.

O Cloud Connect vai funcionar com Word, Excel e PowerPoint das últimas três versões de Office (2003, 2007 e 2010). Como ele mantém os documentos sincronizados, permitirá que pessoas trabalhem num mesmo arquivo simultaneamente, informando de tempos em tempos quais foram as alterações realizadas. Caso duas pessoas editem um mesmo trecho de um relatório, por exemplo, o Docs ainda vai oferecer que o usuário decida qual versão quer manter.

Usuário escolhe qual edição manter (divulgação/Google) | Clique para ampliar

Infelizmente nem tudo são flores. Inicialmente o plugin será oferecido somente a usuários do Google Apps Business, o Google Apps que é pago e voltado para empresas. Quem tem o Google Docs usual – o gratuito mesmo – não terá como testar o Cloud Connect. Tomara que isso mude em breve!

Relacionados

Relacionados