Sony Ericsson permitirá trocar o boot loader do Android em alguns aparelhos

Thássius Veloso
Por

Desenvolvedores do meu Brasil, a Sony Ericsson pode se tornar a sua melhor amiga. Se você cria aplicativos para Android, fique sabendo que a empresa vai liberar a troca do boot loader do sistema do Google. Isso só ocorrerá em alguns aparelhos selecionados, mas é melhor do que a proibição geral que existe atualmente.

De modo geral, os seguintes aparelhos da linha Xperia admitirão a troca de boot loader: Xperia Arc, Xperia Neo, Xperia Pro e Xperia Play. Mas não é tão simples quanto pode parecer, pois haverá diversas restrições.

A Sony Ericsson explicou que o aparelho tem que estar livre e desimpedido para que o boot loader seja trocado com sucesso. Para início de conversa, tem que estar desbloqueado no que diz respeito ao SIM Card. Ou seja, se você usa um Xperia comprado por meio da loja de alguma operadora, corre o risco de não ter acesso a esse recurso nunca.

De acordo com a empresa, a melhor maneira de saber se o aparelho permite a troca de boot loader é por meio do Fastboot, uma ferramenta integrada ao Android SDK. “Se o seu aparelho pode se conectar ao Fastboot, o boot loader pode ser trocado”. Em breve a empresa pretende colocar no ar uma página especial para que o usuário informe o IMEI do aparelho e, em seguida, receba a chave para destravar o uso do Fastboot.

Esse tipo de liberação não havia sido feito até agora por questões contratuais, é o que afirma a Sony Ericsson. Além disso, a empresa diz que não havia uma forma segura de permitir que o desenvolvedor trocasse de boot loader.

Ao realizar o procedimento, a garantia do aparelho poderá ser perdida. A rede de assistência técnica poderá se recusar a receber um aparelho modificado, e ainda há a possibilidade da Sony Ericsson cobrar taxas extras para realizar reparos. O mesmo vale para quem trocar de boot loader e instalar um novo ROM do Android que possivelmente não foi testado pela companhia.

Em outras palavras, o usuário até tem como proceder para trocar de boot loader, mas as restrições são várias, bem como os riscos.

Relacionados

Relacionados