Hotmail, Gmail e Skype podem ser banidos por governo russo

João Brunelli Moreno
Por

Sucessora da poderosa KGB, o Serviço de Segurança Federal da Rússia quer fazer com que serviços populares como o Gmail, Hotmail e Skype sejam bloqueados na terra das noites frias e das loiras quentes. De acordo com informações da rede de notícias AFP, o órgão está “profundamente preocupado” com o “uso incontrolável” dos serviços, que se utilizam de chaves de criptografia “estrangeiras” para garantir a segurança de seus usuários.

Na visão do diretor de informação e comunicações especiais Alexander Andreyechkin, tal prática pode colocar a segurança de toda Rússia em xeque. falando em uma reunião do governo russo, Andreyerchkin afirmou que “o uso descontrolado destes serviços pode trazer grandes ameaças à Rússia”, já que servidores do Gmail, Hotmail ou Skype estão fora do país e assim podem ser usados livremente por organizações extremistas.

Não demorou para que a declaração criasse polêmica e fosse desmentida pelo comando local. O Kremlim logo tentou acalmar os ânimos em um comunicado oficial em que afirmava que “as declarações de Andreyerchkin são sua opinião e não refletem a posição do governo russo em relação as suas políticas a respeito da internet”, enquanto uma fonte não identificada disse que o sujeito “foi além de sua autoridade ao fazer declarações sobre estes serviços”.

Segundo o ministro das comunicações Ilya Massukh, as políticas locais sobre a regulamentação do uso de tecnologias de encriptação estrangeira deveriam ter sido determinadas no último mês de outubro, mas até agora não foram concluídas.