Banda larga é campeã de reclamações, afirma Anatel

Thássius Veloso
Por

Essa informação certamente não será nenhuma novidade para você. Dados recentemente revelados pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), referentes  a fevereiro desse ano, mostram um crescimento vertiginoso na quantidade de reclamações relacionadas ao serviço de telecomunicações. Quem está ganhando nas reclamações é a banda larga, que contabiliza aumento de 60,9% no período de um ano.

Para você ter uma noção do crescimento, a mesma banda larga foi alvo de 24,2 mil reclamações em fevereiro desse ano. No comparativo, houve 15,06 mil reclamações no mesmo período do ano passado. Um número que, do meu ponto de vista, é bastante assustador, porém reflete a qualidade da banda larga no país.

Também houve aumento das reclamações sobre telefonia fixa. Se foram registradas 38,2 mil queixas em fevereiro de 2010, o número chega a 52,8 mil reclamações em fevereiro de 2011 (crescimento de 48,1%). Eu imaginei que esse índice cairia, uma vez que os telefones fixos cada vez mais dão espaço para os celulares e para o VoIP, mas não foi bem assim que aconteceu.

Falando em telefonia móvel: 65,4 mil reclamações referentes a esse serviço em fevereiro, contra 51,7 mil queixas no mesmo período do ano passado. Outro crescimento assustador, dessa vez de 26%.

A Anatel também contabiliza reclamações sobre serviços de TV por assinatura. Foram 8,18 mil queixas no período.

Agora que já temos números que — mais uma vez — mostram a ineficiência dos serviços de telecomunicações, falta saber o que a Anatel, agência reguladora do setor, vai fazer para tentar melhorar esses índices. Disparar algumas multas é o mínimo de atitude que a agência pode tomar, além de determinar metas para melhorar as telecomunicações por aqui.

De qualquer forma, uma coisa é certa: o consumidor é quem está perdendo nessa história toda.

Com informações: Agência Brasil.