Arquivo Curiosidades

Que tal “sentir” os jogos de terror ou ação? (vídeo)

Trevis Bonifácio
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Estamos numa época em que inovar o entretenimento parece obrigação de todos. Pois bem, vindo diretamente da University of Electro-Communications, no Japão (tinha que ser), uma nova tecnologia que permite sentir na pele a partir de informações transmitidas por computador.

O protótipo do projeto Phanton Sensation (ou Sensação Fantasma) ainda é desajeitado, mas a proposta chega a ser assustadora. Veja só.


(Vídeo do YouTube)

Esse aparelho estranho funciona com dispositivos que, posicionados estrategicamente na mão do usuário, vibram e oscilam a frequência de vibração entre os polos, causando o sentimento de que algo está atravessando a mão em questão.

A maior parte das ideias de inovação na industria dos videogames parece ser voltada ao mercado casual e novas formas de interação com os jogos, mas o Phantom Sensation parece um produto completamente voltado para jogadores mais sérios.

Aparentemente, as sensações não se assemelham a dor e não parecem causar dano à pele ou sistema nervoso. Trata-se apenas um truque aplicado ao nosso cérebro: quando dois pontos são estimulados, o corpo já supõe que existe algo entre os pontos, causando a impressão de que algo está realmente atravessando sua mão.

Embora a ideia ainda pareça estranha demais (esses cientistas nipônicos estão aí para fazer coisas estranhas, não é?), dá pra imaginar alguns jogos que combinariam com sensações desse tipo, como os títulos de terror e ação.

Tenho dúvidas sobre quem se arriscaria a vender uma tecnologia que provoque sensações possivelmente incômodas aos usuários, mas pode ser a fagulha que precisávamos para novidades nessa área.

 

Trevis Bonifácio

Ex-redator

Trevis Bonifácio é formado em Tecnologia da Informação e apaixonado por game design. Cobriu diversos lançamentos no mundo dos jogos entre 2011 e 2015, período em que fez parte da equipe do Tecnoblog. Atua hoje como desenvolvedor de jogos para diferentes plataformas como Windows, macOS, Android e iOS.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque