Arquivo Internet

Kazaa volta das cinzas (de novo) com app de streaming de música

Rafael Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Na época em que a internet ainda era movida a motor de carvão, meados dos anos 2000, existiam diversos serviços de download de conteúdo digital. Muitos desses conteúdos não eram legítimos ou autorizados pelos seus criadores, mas isso não vem ao caso. O caso é que o Kazaa fez sucesso nessa área, antes de se afundar em batalhas judiciais contra grandes estúdios. Eles tentaram voltar em 2009 como um serviço de música legalizado, mas não ganharam tração. Agora eles tentam mirar em dispositivos iOS.

O Kazaa anunciou ontem um aplicativo na iTunes App Store que permite fazer o streaming de músicas por meio de conexões WiFi ou da rede de dados celular. Algo assim não é exatamente novidade, já que existem concorrentes como o Spotify, Rdio e vários outros que já oferecem um serviço similar. A marca do Kazaa pode até ajudar no empurrão inicial mas ainda acho que ela vai estar sempre associada a pirataria e isso não deve ajudar muito nos negócios.

Ainda assim, o aplicativo está lá. Ele é gratuito mas o serviço é pago, custa 10 dólares ao mês e essa assinatura dá acesso a “um catálogo de milhões de músicas”, segundo a descrição. Ele só serve para quem morar nos EUA, por enquanto. Todos os demais usuários que tentarem acessá-lo de fora do país só poderão ouvir 30 segundos das canções.

Com informações: TUAW.

Rafael Silva

Rafael Silva tem 27 anos, estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Tem uma queda pela Apple na área de dispositivos móveis, mas sempre usou Windows em todos os seus notebooks e desktops. Vez ou outra fala alguma coisa interessante no Twitter: @rafacst. [Envie um email]

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque