Arquivo Aplicativos e Software

Microsoft assina acordo e dá aval para Casio usar o Linux

Paulo Graveheart
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O mundo dos negócios, com suas milhões de brigas judiciais, guerras de patentes e parcerias diversas é realmente interessante. O exemplo mais recente é o acordo firmado entre a Casio e a Microsoft, que permite à empresa vender equipamentos que utilizem… Linux.

O caso é estranho, mas fácil de explicar: a Microsoft alega que o Linux viola em torno de 235 de suas patentes, o que tornaria ilegal a distribuição e venda pelas empresas, assim como o uso do equipamento por clientes e usuários.

E, para evitar que um belo dia a Microsoft resolva quem sabe, talvez, de repente, exigir o direito sobre as patentes e impedir a venda de produtos com Linux, ela gentilmente oferece às empresas um acordo (financeiro, claro) que as livraria de um processo no futuro.

"O patrão sabe que se deixar o carro desprotegido a criminalidade vem e risca, né?"

O valor total envolvido no acordo não foi divulgado, mas com isso a Casio terá o “direito” de continuar desenvolvendo equipamentos que de alguma forma utilizem o Linux, sem correr o risco de ter problemas no futuro.

Cabe lembrar, várias outras empresas já assinaram pactos similares, como a Fuji e a Samsung. E essa política da Microsoft não afeta apenas o Linux, como o Android também: mesmo a HTC precisa pagar à Microsoft uma pequena quantia para cada celular com Android vendido, por questões envolvendo patentes.

Com informações: The Inquirer

Paulo Graveheart

Ex-redator

Paulo Henrique "Graveheart" é formado em Ciências da Computação e fez parte da equipe do Tecnoblog entre 2010 e 2014, como redator. Participou da cobertura de lançamentos no mundo do desenvolvimento de software, PCs, mobile e games. Também tem experiência profissional como desenvolvedor full-stack e technical lead.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque