Arquivo Jogos

Joguinho viciante da semana: Super Karoshi

Trevis Bonifácio
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Semana passada teve feriado, essa semana não, mas semana que vem tem feriado de novo. Eu não sei vocês, mas sempre fico muito contente quando me dou conta que tem feriado chegando. Além do feriado estar muito próximo, Já é SEXTA-FEIRA! O jogo de hoje, Super Karoshi, é um super joguinho de plataforma, mas com um objetivo bem incomum: morrer.

Super Kakashi Karoshi funciona como quase todos os outros jogos da internet – utilizando as setas para movimentação, seu objetivo é cair em alguma armadilha e morrer. Até aí nada de muito novo, mas você rapidamente notará que nem todas as soluções estão estampadas no meio da fase. Pra falar a verdade, algumas estão mais escondidas do que deveriam, então trate de procurar bem por algum meio de transformar Kakaroto Karoshi em pedaços ensaguentos. Oh yeah, we have blood!

[swfobj src=”https://tecnoblog.net/wp-content/uploads/2011/11/super-karoshi-3784.swf” width=”600″ height=”400″]

Além de causar a morte de nosso amigo japonês engravatado, também será necessário dar uma pequena ajuda a outros empresários suicidas. Sabe como é, às vezes essa rotina de caminhar de um lado pro outro pode se tornar cansativa. Sashimi Karoshi possui poderes Super Sayajin especiais, que devem ser utilizados para concluir os objetivos corretamente.

O jogo conta com quase 60 levels, com dificuldades bastante variáveis e com fases que vão desafiar sua velocidade, intelecto ou habilidade de encontrar soluções aleatórias. Talvez por essa aleatoriedade do level, design e conceito estranho, Super Karoshi é uma ótima opção para aguardar o combo final de semana + feriado.

Sugestões, dúvidas ou coisa do tipo? Ligue pro SAC do Tecno… ah, esquece. Nos mande e-mails, chame no twitter ou venha fazer uma visita, tomar um suco e jogar videogame!

Trevis Bonifácio

Ex-redator

Trevis Bonifácio é formado em Tecnologia da Informação e apaixonado por game design. Cobriu diversos lançamentos no mundo dos jogos entre 2011 e 2015, período em que fez parte da equipe do Tecnoblog. Atua hoje como desenvolvedor de jogos para diferentes plataformas como Windows, macOS, Android e iOS.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque