Arquivo Legislação

Google é condenado na França por exibir mapas de graça

João Brunelli Moreno
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Um tribunal francês considerou o Google culpado da acusação de “abusar da posição dominante do Google Maps no mercado” e ordenou que o gigante da web pague indenização por perdas e danos a uma empresa de mapeamento local chamada Cartographes Bottin, além de outros 15 mil euros de multa.

De acordo com o veredito emitido pelo tribunal de Paris na quinta-feira, o fato do Google oferecer os serviços do Maps de graça a algumas empresas é uma prática “desleal”. Esta é a primeira vez que o Google é condenado em um caso envolvendo o fornecimento de mapas de seu serviço.

“Esta foi uma batalha de dois anos e uma decisão sem precedentes”, afirmou Jean-David Scemmama, advogado da companhia francesa. “Nós provamos ao tribunal que a estratégia do Google para eliminar seus concorrentes”, comemorou o advogado ao jornal Economic Times.

Em um comunicado oficial, um porta-voz do gigante da web afirmou que a empresa irá recorrer da decisão. “Estamos convencidos que uma ferramenta de mapas livre e de alta qualidade é benéfica tanto para usuários quanto para empresas. Há falta de concorrência contra nós neste setor tanto na França quanto no resto do mundo”, encerrou a empresa.

Essa não é a primeira vez que o Google Maps rende dores de cabeça para sua empresa mãe nos tribunais da terra das baguetes. Em 2011 a empresa foi multada em 100 mil euros por violações de privacidade envolvendo o serviço Street View.

João Brunelli Moreno

Formado em comunicação e jornalismo pela Universidade Metodista de Piracicaba, João Brunelli Moreno é redator, blogueiro, roteirista e produtor de conteúdo. Venceu mais de 100 prêmios de publicidade, incluindo o 40° Profissionais do Ano realizado em 2018. Foi autor no Tecnoblog entre 2009 e 2012 cobrindo assuntos relacionados a gadgets, computadores, Apple, Google, Microsoft, entre outros.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque