Arquivo Gadgets

Dolby mostra monitor de US$ 40 mil

João Brunelli Moreno
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A Dolby, aquela dos sistemas de som de alta definição, anunciou nesta quinta-feira que vai apresentar em abril o monitor PRM-4200. À primeira vista parece um aparelho bem comum. Não impressiona com sua tela de 42 polegadas com resolução de 1920 por 1080 pixels, nem por seus 120 Hz de frequência ou 90º de ângulo de visão. Na realidade, o primeiro detalhe que se sobressai no modelo é seu preço: US$ 40 mil, ou R$ 70,4 mil.

Desenvolvido para aplicações profissionais, a cifra pedida pelo PRM-4200 se justifica pela sua retroiluminação, composta de 1,5 mil LED RGB. Cada um deles é calibrado individualmente de acordo com o ambiente em que está instalado, para que o aparelho exiba sempre imagens que exibam as cores mais corretas (ou “próximas do real”) seja possível – característica bem-vinda e desejada em profissionais de edição de imagens ou vídeos que estejam com a carteira recheada. Em tempo, PRM é sigla para Professional Reference Monitor, ou “Monitor Profissional de Referência”.

Dolby PRM-4200: o alto preço da alta definição de cores.

De acordo com a Dolby, sua nova criação oferece “variação dinâmica com a gama de cores mais precisa e ampla disponível em um monitor de tela plana”. Em seguida, a empresa completa que esta é a “primeira tela LCD com qualidade superior a de um monitor CRT” e reforça que o aparelho é capaz de exibir “verdadeiro tom de preto, alto detalhamento em imagens escuras e linearidade em toda escala de cinza”, conhecidos calcanhares de Aquiles da tecnologia LCD.

Para um usuário comum, certamente esta é uma compra que não se justifica. Apenas para comparar, com os exatos US$ 39.995 pedidos pelo PRM-4200 é possível comprar (lá fora) cerca de 100 TVs 42 polegadas comuns ou um luxuoso BMW Série 5, por exemplo. Qual você escolheria?

João Brunelli Moreno

Formado em comunicação e jornalismo pela Universidade Metodista de Piracicaba, João Brunelli Moreno é redator, blogueiro, roteirista e produtor de conteúdo. Venceu mais de 100 prêmios de publicidade, incluindo o 40° Profissionais do Ano realizado em 2018. Foi autor no Tecnoblog entre 2009 e 2012 cobrindo assuntos relacionados a gadgets, computadores, Apple, Google, Microsoft, entre outros.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque