Presidente da Nokia Brasil revela que nunca imaginou usar Windows Phone ou qualquer outro sistema de terceiros

Thássius Veloso
Por
• Atualizado há 3 meses

Direto do Nokia Developer Day (São Paulo) – Almir Narcizo, presidente da Nokia Brasil, abriu o evento especial focado em desenvolvedores promovido pela companhia em São Paulo com uma revelação pouco esperada: de que nunca, em oito anos de Nokia, ele imaginou que a empresa adotaria um sistema operacional produzido por terceiros. Narcizo fala do Windows Phone, sistema que dá vida aos smartphones Lumia lançados nessa semana no mercado brasileiro.

– Digo com todas as letras que essa é a semana mais importante da história da Nokia. Porque mostra que é possível lançar aparelhos de maneira rápida, vencendo as barreiras de uma parceria. Não é fácil ter um sócio e dividir a decisão. Lançamos dois aparelhos icônicos. A Nokia conseguiu agregar valor com um design diferenciado.

Usando Symbian desde que entrou na empresa, Narcizo contou que esse foi seu sistema preferido. A plataforma era desenvolvida internamente pela Nokia e em tempos recentes passou a se chamar também Nokia Belle – uma tentativa da empresa de facilitar a comunicação com o consumidor. O presidente da Nokia Brasil ainda disse que o S60 foi (no passado) a melhor plataforma produzida pela empresa liderada por ele.

Não há amigo, parente ou jornalista que não lhe peça um Lumia, de acordo com o executivo. “Não tem pessoa que não diga ‘Uau!` quando vê um Lumia 800. É algo que eu não ouço sobre produtos da Nokia faz tempo”. O Lumia 800 (leia o review) conta com processador de apenas um núcleo com 1,4 GHz, câmera de 8 megapixels com lente Carl Zeiss e 16 GB de espaço para armazenamento (sem opção de expansão).

O executivo informou logo no início do Nokia Developer Day que, na manhã de hoje, o Windows Marketplace havia chegado à marca de 70 mil aplicativos cadastrados e disponíveis para download. Foi um crescimento grandioso em termos percentuais, disse o presidente da Nokia.\

No evento voltado para desenvolvedores, Narcizo falou da importância dessa categoria de profissionais para o progresso do Windows Phone. Diz o executivo que há quatro pilares que sustentam o lançamento de um bom produto: operadoras, varejo, serviços e desenvolvedores. A Nokia promove uma série de palestrar para explicar e tirar dúvidas justamente dos devs sobre os desafios e oportunidades de desenvolver para o sistema da Microsoft.

Mas o que fez mesmo a alegria dos presentes foi a oferta especial dos Lumias por preços diferenciados. Somente no Nokia Dev Day há Lumia 710 por R$ 799 e Lumia 800 por R$ 1.399. Os valores são respectivamente R$ 200 e R$ 300 mais em conta do que o oficial vendido nas lojas próprias da fabricante.

Atualizado às 23h55.

Relacionados