Arquivo Jogos

Kinect para Windows chega em junho ao mercado brasileiro

Thássius Veloso
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Os brasileiros, no fim das contas, não terão de esperar tanto assim para colocar as mãos no acessório Kinect para Windows. A Microsoft confirmou ontem que o país está na próxima leva de nações que vão receber o produto num futuro próximo. As vendas estão previstas para se iniciarem em maio.

Nada de falarem o preço do Kinect para Windows por enquanto. Tudo o que sabemos é que a companhia ressalta a importância do mercado brasileiro ao adicionar o país à lista de futuros mercados com disponibilidade do acessório.

Kinect para Windows

África do Sul, Arábia Saudita, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Emirados Árabes, Finlândia, Holanda, Índia, Noruega, Portugal, Rússia, Singapura, Suécia e Suíça também estão na lista – talvez  a maior leva de disponibilidade do Kinect para o sistema operacional até agora.

A MS também prometeu para maio a atualização 1.5 do software utilizado no Kinect para Windows. Dentre os novos recursos, destaque para o reconhecimento de dez juntas do corpo. Serve para reconhecer o esqueleto tanto em pé como quando o jogador estiver sentado.

Não espere que o Kinect para Windows custe menos do que o acessório original para o Xbox 360. Cá no Brasil ele é vendido, no modelo para console, por cerca de R$ 500 nas redes de varejo mais famosas (o preço varia dependendo do lugar). A MS já disse que o modelo de negócios para o Kinect para Windows é outro, sem subsídios na esperança de ganhar dinheiro com jogos. Ou seja, vai custar mais caro mesmo.

O software 1.5 do Kinect vai reconhecer comandos de voz em inglês, espanhol, francês, italiano e japonês.

Eu espero ver boas aplicações usando o Kinect no computador. Em especial para usuários leigos, idosos e pessoas com deficiência, que podem tirar proveito desse meio diferente de interagir com o PC.

Thássius Veloso

Ex-editor-executivo

Thássius Veloso foi editor e editor-executivo do Tecnoblog de 2008 a 2014. Liderou o noticiário e cobriu de perto os maiores acontecimentos do mercado de eletrônicos de consumo, games e serviços. É jornalista, palestrante e apresentador de tecnologia na rádio CBN e no canal de TV por assinatura GloboNews.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque