Arquivo Internet

Google adiciona recursos no Play Music por meio do Labs

Play Music agora possui HTML5, notificações no desktop e classificação de músicas.

Paulo Higa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O Labs é um conjunto de recursos novos em fase de experimentação pelo Google. Disponível em alguns serviços, como o Gmail, as funcionalidades podem ser disponibilizadas posteriormente para todos os usuários ou desaparecer sem deixar rastros. Três novos recursos apareceram no Play Music, a loja de músicas do Google que também funciona como backup na nuvem das suas canções.

A primeira novidade, já disponível por meio de algumas extensões de terceiros, são as notificações na área de trabalho. Com o recurso ativado, o Chrome exibirá uma janela no canto da tela informando o álbum (inclusive com a arte da capa), artista e nome da música que está tocando. Também há a possibilidade de classificar uma música de um a cinco estrelas, um belo upgrade em relação ao sistema original, que permite apenas curtir ou odiar uma música.

A lista de experimentos no Labs do Play Music deve aumentar, como aconteceu nos outros serviços do Google.

Contribuindo ainda mais com a morte do plugin da Adobe, um dos experimentos do Play Music substitui o player de áudio em Flash por um desenvolvido com HTML5. O novo player funciona apenas no Google Chrome, Safari 3.1 ou superior e Internet Explorer 9. O Mozilla Firefox ainda não é suportado devido às restrições geradas pelo áudio em MP3 armazenado nos servidores do Google, um formato proprietário.

Para ativar os novos recursos, basta acessar sua conta do Google Play Music, clicar na engrenagem do canto superior direito da tela e entrar no menu Music labs. Divirta-se.

Com informações: Google Discovery.

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista, com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque