Arquivo Internet

SkyDrive adiciona suporte a arquivos maiores, OpenDocument e URLs curtas

Paulo Higa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Com o lançamento iminente do Google Drive, os serviços de armazenamento de arquivos estão correndo para não ficar em desvantagem. O Dropbox recentemente dobrou o bônus de indicação de usuários e a desenvolvedora do LogMeIn decidiu entrar no mercado com o Cubby. Agora é a vez da Microsoft liberar novidades no SkyDrive.

Para anunciar as novidades, o time do SkyDrive decidiu vestir a camisa: enviou um documento de texto para o próprio serviço. Ao fazer o download, a primeira novidade: o arquivo foi salvo no formato OpenDocument — sim, o padrão de código aberto que a Microsoft lutou contra para defender seu próprio formato, OOXML. Outros textos (*.odt), planilhas (*.ods) e apresentações (*.odp) também deverão ser enviados normalmente para o SkyDrive e visualizados com o Office Web Apps.

SkyDrive na web

Usuários de Windows Phone que utilizam o compartilhamento nativo de fotos terão links encurtados automaticamente pelo sdrv.ms no Twitter. Anteriormente, as fotos possuíam links enormes, que eram encurtados pelo próprio serviço de microblogging. A pré-visualização de imagens, disponível para Instagram, Twitpic e outros serviços, no entanto, não está disponível, o que pode afastar alguns usuários — inclusive eu.

Uma novidade publicada em fevereiro pelo Tecnoblog finalmente foi liberada: agora o SkyDrive suporta arquivos de até 300 MB, ante os 100 MB oferecidos anteriormente. O limite de armazenamento de arquivos continua o mesmo: 25 GB. Os aplicativos de sincronização para Windows e Mac OS X, também citados na notícia, ainda não foram lançados, mas deve ser só questão de tempo. No próprio documento, o time do SkyDrive informa que “grandes novidades estão por vir”.

Com informações: The Verge.

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista, com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque