Arquivo Internet

Yahoo vai descontinuar 50 serviços, mas não diz quais

Rafael Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Para quem achava que o Yahoo está longe de colocar o pé na cova, eis uma notícia que pode não ser tão animadora. Scott Thompson, o CEO que foi contratado Janeiro, anunciou durante a conferência de resultados trimestrais da empresa que vai descontinuar 50 serviços. Essa atitude já era esperada depois que o Yahoo anunciou no começo de abril que demitiria cerca de 14% dos seus funcionários, o que equivale a 2 mil deles.

Yahoo Music, um dos serviços que pode ser descontinuado

Obviamente os serviços que tem grande número de usuários devem permanecer, como o Flickr, Yahoo Mail, Yahoo Sports e outros. Segundo uma fonte do TechCrunch, dentre os serviços que devem ser cancelados no futuro estão o Yahoo Music e outros serviços com foco em entretenimento.

Sobre o corte dos serviços, Scott disse ainda que “não acredita que precisemos reinventar quem nós somos e sim a experiência do usuário” e eu acho essa ideia louvável. Afinal, com menos serviços dos quais tomar conta o Yahoo pode focar nos que mais importam e desenvolver estratégias de crescimento especificas. Mas a empresa já passou por diversos CEOs, reestruturações e provavelmente um monte de macumbas para tentar se manter em pé, o que não é um bom sinal. E nenhum dos serviços lançados recentemente conseguiu atingir mesmo a massa crítica.

Eu sou saudosista e ainda acredito que o Yahoo tenha alguma chance de se recuperar como empresa da web, por mais que os sinais apontem na direção contrária. E você?

Com informações: TechCrunch.

Rafael Silva

Rafael Silva tem 27 anos, estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Tem uma queda pela Apple na área de dispositivos móveis, mas sempre usou Windows em todos os seus notebooks e desktops. Vez ou outra fala alguma coisa interessante no Twitter: @rafacst. [Envie um email]

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque