Murilo Tunholi

Murilo Tunholi

Sobre

Jornalista carioca, Murilo Tunholi é apaixonado por tecnologia e games desde criança. Aos quatro anos de idade, ganhou seu primeiro desktop — um Compaq Presario 7476 — e não saiu mais do mundo digital desde então. Entusiasta de hardware, é extremamente crítico (chato) com performance e resolução em jogos. Além de jogar, gosta de cozinhar, praticar artes marciais, dançar, cantar e assistir a animes, séries, filmes e reality shows de qualidade duvidosa.

Buscou o jornalismo para realizar o sonho de trabalhar com videogames (e conseguiu!). Autor no Tecnoblog desde março de 2021, é especializado na cobertura de notícias sobre a indústria de jogos e torneios de esportes eletrônicos (esports, para os íntimos). Trabalha como jornalista de games desde 2018 escrevendo artigos, produzindo vídeos e cobrindo eventos (E3, Gamescom, BlizzCon, The Game Awards, GameXP) e campeonatos (CBLoL, Mundial de LoL, Overwatch League, Free Fire Pro League, EVO).

Durante a graduação no Centro Universitário IBMR, criou o Fliperama, podcast e programa de TV no qual entrevistava outros jogadores e profissionais do mercado de games, como dubladores. Foi vencedor do 9º Prêmio CBN de Jornalismo Universitário, em 2017, com a reportagem "Boato ou verdade? O impacto das Fake News na sociedade". Também se aprofundou na pesquisa acadêmica em game studies com um trabalho de conclusão de curso sobre o papel dos jogos ao longo da história, partindo dos rituais lúdicos da antiguidade até chegar aos MMORPGs modernos com mundos virtuais conectados.

Por falar em MMORPGs, tem o gênero como um dos favoritos desde que criou seu primeiro Espadachim em Ragnarök Online, em 2005. Hoje, Murilo divide seu tempo entre defender a Horda em World of Warcraft e proteger Eorzea em Final Fantasy 14. Além disso, é grande fã da franquia Pokémon, tendo zerado todos os títulos já lançados até hoje. Competitivo, busca sempre refinar suas habilidades em jogos multiplayer com modos PvP, como Overwatch, League of Legends e Super Smash Bros.

Na jogatina offline, é fã de RPGs (Kingdom Hearts, Nioh), jogos de ação (Devil May Cry, Bayonetta), estratégia (Fire Emblem, Sid Meier's Civilization), mundo aberto (Assassin's Creed, Far Cry), aventura/puzzle (Ace Attorney, Professor Layton), shooters (Borderlands, DOOM), stealth (Hitman, Untitled Goose Game), simuladores (Animal Crossing, The Sims), e clássicos da Nintendo (Super Mario, The Legend of Zelda).

Antes de ser jornalista de games, Murilo chegou a iniciar uma carreira como cientista e professor. Concluiu o ensino médio-técnico em Química, em 2013, e cursou o primeiro ano da graduação em Licenciatura em Química na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), em 2014. Após um ano de muita reflexão sobre o futuro, decidiu mudar para a Comunicação Social, em 2016. A paixão pela ciência e a vontade de lecionar ainda existem, mas a chama do Jornalismo arde com mais intensidade.

Durante sua jornada profissional, Murilo estagiou nas editorias de jogos e esports do TechTudo, entre 2018 e 2019, e atuou como Analista de Conteúdo na Mosaico responsável pelas editorias de Informática e Games, em 2020. Atualmente, além de estar no Tecnoblog, Murilo segue produzindo projetos pessoais, como o podcast de games Fator Replay e seu futuro canal de livestreams na Twitch.

Nas redes sociais, você o encontra como @muriTunholi. Sugestões de pautas e releases podem ser enviados para o e-mail [email protected]

Artigos de Murilo Tunholi

Como jogar Pokémon Unite [Guia para iniciantes]

às 10h51 por

Pokémon Unite, jogo MOBA dos monstrinhos de bolso, já está no Nintendo Switch e chega em setembro de 2021 aos celulares Android e iPhone (iOS). Assim como em outros títulos do gênero, é preciso escolher um Pokémon e formar uma equipe com outras pessoas. Ganha a partida o time que marcar mais pontos nos gols dos inimigos. Nas linhas a seguir, saiba como jogar Pokémon Unite e veja dicas para se dar bem. FPS, MOBA, Co-op e mais 3 tipos de games para entender

Como conectar o Nintendo Switch em uma televisão

às 14h24 por

O Nintendo Switch é um console híbrido que pode ser usado tanto no modo portátil quanto conectado em uma televisão. Para isso, a Nintendo oferece uma dock — ou base — que permite enviar as imagens dos jogos para outra tela com resolução maior via cabo HDMI. Confira, nas linhas a seguir, quais modelos de Switch funcionam na TV e saiba como conectar o console usando a dock. Como melhorar a conexão de internet no Nintendo Switch