Renata Persicheto

Sobre

Louca das canetas, papéis e gatos, comecei a jogar videogames para ganhar a vida em 2012. Web e escrita funcionam como uma só entidade para mim: escrevo receitas de bolo, conto histórias, transcrevo entrevistas e gasto palavras nos textões™, passando e ficando pelo território dos jogos - tudo ao mesmo tempo. Falo muito, escrevo mais ainda.

Artigos de Renata Persicheto

Precisamos falar de cocô

25/08 às 14h31 por

Que atire a primeira pedra aquele que nunca, nem no mais sórdido momento de tédio de toda a sua vida, tenha levado o smartphone para aquela hora de relaxar no banheiro. Apesar de todo o tabu que gira em torno do assunto, se existe fato tão certeiro quanto a morte, é o de que, eventualmente, precisaremos fazer cocô em algum período do dia ou da noite. Por quê, então, evitar o inevitável? Vamos falar sobre cocô. Ou, pe

Antes tarde do que mais tarde, WhatsApp para iPhone ganha WhatsApp Web

19/08 às 18h34 por

O mundo há de convir: lançado em 2009, o WhatsApp já teve dias melhores que os atuais. De qualquer forma, se você é um fiel adepto do serviço de mensagens e possui um iPhone, aqui uma notícia boa: finalmente o Facebook liberou a versão web para iOS, permitindo que você receba e envie mensagens diretamente do computador. A novidade já havia sido lançada há meses para

Essas DMs não têm limites: Twitter remove limite de caracteres nas mensagens diretas

12/08 às 16h52 por

Estamos definitivamente vivendo novos tempos: desde o lançamento do Twitter, em julho de 2006, os usuários assíduos da rede treinam para que suas grandes sacadas, piadas, informações, avisos e propagandas caibam em 140 caracteres, ato tão natural que muita gente já formula pensamentos com o número certinho de letras e sinais gráficos. Como "amigos de twitter" geralmente acabam se limitando ao site, ou seja, muitas pessoas se falam somente por lá, as famosas DMs surgiram para treinar nossa paciência - é necessário muita para aguardar todas as partes de uma história, divididas e

Como o smartphone pode ajudar a manter viva uma das tribos indígenas mais antigas do Brasil

11/08 às 16h51 por

Alguns anos atrás, surgiu no Facebook e em outras redes sociais uma grande onda de familiares de todos os estados do Brasil: a grande família Guarani-Kaiowá, composta, principalmente, por quem acreditava piamente que a masturbação social de mudar seu sobrenome no site ajudaria tribos indígenas do Brasil, sem maiores esforços. Se a campanha ajudou a mudar a história dos reais membros dessa família, não há como m

Transformei meu smartphone em um projetor holográfico

03/08 às 17h19 por

Quando li este artigo, achei tão incrível que não me conformei em apenas publicar um tutorial de "como fazer seu smartphone gerar hologramas". Resolvi arregaçar as mangas, destruir a capa de um CD velho do Daughtry e fazer a minha arte com as coisas que a natureza dá, digo, ver se isso realmente dava certo. E não

A vida de crianças com membros amputados pode ser mais legal com esta prótese

29/07 às 18h10 por

Apesar dos avanços da ciência e tecnologia para facilitar a vida de quem teve membros do corpo amputados e malformações congênitas, a vida dos usuários de próteses ortopédicas não é nada simples. Especialmente se considerarmos crianças, que, além de lidar com a adaptação da peça, precisam também trabalhar todo o fator psicológico e recriar sua autoestima diante da sociedade. Mas talvez essa dificuldade seja

Esqueça os apps para smartphones: criaram uma Pokédex que funciona de verdade em um Amazon Echo

22/07 às 12h43 por

Me lembro até hoje da época em que a febre dos Pokémons estourou. No auge dos meus dez anos, eu fiz meus próprios monstrinhos de bolso com massinha, isopor, guache e o que mais encontrasse à mão, afinal de contas, Pokémon não se pega, se conquista com muito suor e esforço. Entretanto, o que mais me frustrava naquela vidinha de sába-dabado e domingo empinar pipa e jogar bola era, sem dúvida, nunca ter conseguido reproduzir uma Pokédex. Mas, hoje, quinze anos depois, a minha vida mudou.

Controle o calendário utilizando as mãos (virtuais) com a nova aquisição da Oculus VR

17/07 às 17h48 por

Desde que a febre dos dispositivos de realidade virtual tomou conta de nossos corpos, uma empresa tem chamado a atenção mostrando que gosta de tecnologia. A Oculus VR, responsável pelo Oculus Rift, não apenas vem fazendo constantes aprimoramentos na última versão de seu kit para desenvolvedores, como também vem espalhando seus tentáculos por entre outras tecnologias inovadoras. Na última quinta-feira (16),

Do brasileiro JoyMasher, jogo Odallus já está disponível no Steam

16/07 às 15h24 por

Lançado em 2012, Oniken foi o título em 8 bits responsável por popularizar o nome do estúdio JoyMasher. Nascido no Brasil e atualmente localizado em solo manauara, o quartel general do jogo não apenas fez sucesso com sua primeira criação como acaba de lançar Odallus: The Dark Call, seu novo game. O indie de exploração em plataforma, também em 8 bits, foi lançado na quarta-feira (15) no

PlayStation 4 será produzido no Brasil

17/06 às 11h09 por

Em 2013, uma das notícias mais bombásticas (no sentido negativo) foi o lançamento do PlayStation 4 e seu preço no Brasil. Mas este promete ser um dos melhores anúncios sobre jogos em 2015: durante sua conferência na E3, a Sony anunciou que a partir de outubro o console passará a ser fabricado em terras brasileiras. No Brasil, o PlayStation 4 tem um dos preços mais altos do mundo. Segundo Anderson Gracias, diretor de games da Sony na América Latina, a "rapidez" para montar um polo de fabricação do videogame no

Carregar mais posts

Faça seu login no Tecnoblog

Crie a sua conta

Esqueci minha senha