Ciência

Sobre

Posts com as novidades da ciência no meio tecnológico.

Scanner cerebral e machine learning podem prever autismo em bebês

Hoje às 15h42 por

Pessoas com autismo nascem com o distúrbio. Porém, via de regra, a condição só é diagnosticada quando a criança tem dois anos ou mais. Mas exames envolvendo ressonância magnética e aprendizado de máquina (machine learning) permitirão que os médicos identifiquem o autismo de modo bastante precoce. É o que aponta um estudo

Aplicativo da IBM envia alertas de emergência mesmo sem sinal de celular

Hoje às 15h31 por

Não é novidade recebermos alertas sobre o tempo em nosso celular. E em muitos países, quando algum terremoto, tsunami, tempestade de neve ou outras condições climáticas extremas estão prestes a acontecer, é normal um aviso chegar no seu celular. Quase todos os métodos, no entanto, usam a internet: se você não tem acesso à rede, fica sem conhecimento imediato sobre algum possível desastre natural. Em países

As tecnologias que dão “voz” a pessoas paralisadas

13/02 às 17h13 por

A ciência descobrirá formas de tratar lesões no cérebro que, hoje, são consideradas irreversíveis. Bom, é o que todo mundo espera. Enquanto esse dia não chega, médicos, engenheiros, cientistas da computação e especialistas de várias outras áreas se unem para criar tecnologias que possam pelo menos contornar parte das limitações causadas por essas lesões. Exemplos desses e

Carregamento wireless à distância é demonstrado na prática em vídeo

06/02 às 11h49 por

O carregamento de bateria sem fio é prático e está cada vez mais popular, mas ainda exige que você coloque o smartphone sobre uma base para funcionar. O próximo passo é eliminar essa restrição e permitir que a energia elétrica seja enviada à distância, assim como seu roteador Wi-Fi transmite dados sem precisar de cabos. E a uBeam demonstrou sua tecnologia em público pela primeira vez. A uBeam é uma concorrente da Energous, empresa que desenvolve o WattUp, uma tecnologia de recarga sem

O novo robô assustador da Boston Dynamics pula mais alto que você

02/02 às 11h54 por

Enquanto aguarda ser vendida, a Boston Dynamics continua empenhada naquilo que ela sabe fazer de melhor: nos assustar. Em uma apresentação para investidores realizada nesta semana, a companhia revelou o Handle, um robô com aspecto (ligeiramente) humanoide, mas que utiliza rodas em vez de pés para correr atrás da gente… Digo, para se locomover por aí. Os últimos robôs desenvolvidos pela companhia lembram anim

Inteligência artificial é capaz de identificar câncer de pele tão bem quanto um humano

26/01 às 17h37 por

Graças aos recentes avanços em inteligência artificial e aprendizado de máquina, em breve poderemos ter o nosso próprio “médico de bolso” — além, é claro, de podermos continuar vencendo secretamente jogadores profissionais de Go online. Pesquisadores da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, treinaram um algoritmo de reconhecimento de imagem que conseguiu ser tão eficiente em identificar certos tipos de doenças de pele quanto um dermatologista bem treinado.

Fundação de Bill Gates financiará implante que previne o HIV

02/01 às 18h16 por

A Aids ainda não tem cura, mas os tratamentos disponíveis atualmente fazem a doença não ser tão letal como antes. Mesmo assim, a prevenção continua sendo imprescindível. Mas como evitar a disseminação do HIV em países que, de tão pobres, registram números altíssimos de contaminações pelo vírus? Para a fundação Bill

Esta invenção permite a um rapaz com doença grave continuar fazendo o que ama

16/12/2016 às 15h13 por

Não é só atacando a doença que podemos ajudar uma pessoa que tem um grave problema de saúde. Muitas vezes, a enfermidade que a aflige não tem cura. Nessa circunstância, o gesto de generosidade mais significativo pode estar em ajudá-la a viver tão bem quanto possível. Prova disso vem da história de James Dunn, um britânico de 22 anos que, graças à invenção do designer Jude Pullen, pode continuar fazend

Tecnocast 055 – Imortalidade

15/12/2016 às 22h50 por

Pra muita gente, o que dá sentido à vida é saber que o seu tempo na Terra é limitado. Alguns acreditam, inclusive, que vamos para um lugar melhor depois que morremos, então é importante ser uma boa pessoa na vida, para merecer as “boas férias” na morte. Por outro lado, a ciência vem olhando para o envelhecimento de uma forma diferente – como se não passasse de uma doença que precisa de tratamento. Cientistas afirmam conhecer as 

Carregar mais posts