Review

Lenovo Legion Phone Duel: luzes, som e potência

às 19h00 por

A marca da Lenovo volta a estampar um celular no Brasil com o Legion Phone Duel. O primeiro smartphone assumidamente gamer vendido pela Motorola no país traz luzes piscantes na traseira, muita potência, tela de 144 Hz e soluções de design engenhosas, incluindo uma câmera retrátil na lateral e não uma, mas duas portas USB para acelerar o carregamento da bateria. Como você poderia imaginar, o Legion Phone Duel é bem caro. Por R$ 7.199 no lançamento, o celular é equipado com Snapdragon 865 Plus, alto-falantes estéreos, refrigeração líquida e tudo mais. Mas será que vale a pena?

Smartwatch Huawei Watch GT 2 Pro: no caminho certo

às 19h00 por

A cada nova geração, a Huawei tem aprimorado os seus smartwatches da linha GT. O novo Huawei Watch GT 2 Pro chega ao mercado para corrigir aquela impressão de produto limitado dos antecessores e não apenas se destacar pela sofisticação. A empresa agora entrega um relógio que conversa melhor com o sistema iOS, adicionou microfone e alto-falante para ligações e músicas, entretanto ele segue sem suporte para aplicativos de terceiros. [Review] Smartwatch Huawei Watch GT 2e: parceiro

Samsung Galaxy M51: bom, bonito e com muita bateria

às 19h00 por

O mundo de smartphones intermediários chega a ser mais concorrido que o de aparelhos topo de linha. Eles trazem recursos herdados de modelos parrudos anteriores, democratizam tecnologias e tentam chamar atenção de alguma forma para além de apenas “o que era novidade no topo de linha de um ou dois anos atrás”. Alguns celulares focam em câmera, outros em tela e o Galaxy M51 tem seu alvo na bateria. Ele é quase uma cópia interna do Galaxy A71 e herda detalhes dos Galaxy S20, como o formato das câmeras traseiras em uma espécie de cooktop, entra na onda de corpo em plástico que ve

Caixa de som Bluetooth Elsys Ambience: para quem quer economizar

às 14h00 por

Custando menos de R$ 150, a Elsys Ambience é uma caixinha de som portátil que se adapta bem ao escritório e ao home office. O speaker conta com um design que foge do comum, tem conexão Bluetooth 4.2, microfone integrado e entrada de áudio de 3,5 mm (P2). Além disso, ela não depende de fonte de alimentação para funcionar, graças à bateria que garante até cinco horas de reprodução. [Review] Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys: iluminação inteligente sem gastar muito

Samsung Galaxy A02s: o essencial para quem não exige muito

às 19h00 por

Parece um intermediário, mas o nome logo quebra essa impressão. O Galaxy A02s é o novo celular econômico da Samsung para quem precisa do básico e não quer gastar rios de dinheiro. O modelo parece ser mais simpático que o A01 Core e é um pouco mais avançado que o Galaxy A01, considerado antecessor do A02s. [Review] Samsung Galaxy A01 Core: design compacto, Android 10 Go e preço alto [Rev

Beats Flex: fone para o dia a dia e agora mais acessível

às 19h00 por

O Beats Flex é o fone de ouvido Bluetooth mais acessível da Beats atualmente. Para atingir a massa, a empresa teve de fazer alguns cortes, mas garante um design confortável, emparelhamento decente, bateria para até 12 horas de reprodução e outros benefícios do chip Apple W1, do primeiro Airpods. Nos Estados Unidos, o fone foi lançado por US$ 50 e no Brasil ele chegou por R$ 579. [Review] Powerbeats (2020): versão simplificada do fone esportivo

TCL 10 SE: um pouco além do básico

às 19h00 por

No finalzinho de 2020, o TCL 10 SE surgiu como mais uma opção de smartphone intermediário para o mercado brasileiro. O modelo é o mais avançado de uma série de três celulares que a marca trouxe para o país na ocasião. Ele também é o mais caro do trio: seu preço de lançamento é de R$ 2.199, embora já seja possível encontrá-lo por cerca de R$ 1.600. Estamos falando de um celular com tela HD+ de 6,52 polegadas, 4 GB de RAM, 128 GB de armazenamento e câmera tripla na traseira, a principal com sensor de 48 megapixels. O processador é o não muito conhecido Med

Samsung Galaxy S21: upgrade com downgrades

às 19h00 por

O Galaxy S21 é uma evolução do Galaxy S20. Essa parece ser a frase mais óbvia do mundo, mas talvez não seja se pensarmos nas mudanças de um ano para outro: o novo topo de linha da Samsung ganhou um chip mais potente e suporte ao 5G, mas perdeu itens como tela curvada, expansão de memória, resolução Quad HD e, claro, carregador. Até o acabamento mudou: a traseira de vidro saiu para dar lugar ao plástico. Mesmo com algumas baixas, o dólar não ajudou e o Galaxy S21 desembarcou no Brasil em versão única de 128 GB por R$ 5.999, ou quinhentos reais a mais que o preço de lançamen

Smartwatch Realme Watch S: para quem está chegando agora

às 19h00 por

A Realme ainda não trouxe o relógio inteligente Watch S Pro para o Brasil, mas já lançou a versão mais acessível por aqui. Cobrando R$ 699, o Realme Watch S promete ser o grande parceiro do seu treino, é capaz de monitorar a sua saúde e atuar como uma extensão do seu celular. Ele ainda dispõe de mais de 100 mostradores, tem bateria para até 15 dias e mais de 10 modos de treino. Médico 24h: como os relógios inteligentes podem salvar a sua vida

TV QLED TCL C715: Android TV com pontos quânticos

às 19h00 por

A C715 é a Android TV da TCL para quem procura um pouco mais que o básico. O modelo intermediário da fabricante chinesa tem a mesma cara da P715, sua 4K mais popular, mas aposta na tecnologia QLED com pontos quânticos para oferecer maior volume de cores, e traz suporte ao Dolby Vision para exibir filmes com alcance dinâmico ampliado. Os concorrentes mais famosos da C715 são a Samsung Q60T e a LG Nano81, mas a TCL chega a cobrar até mil reais a menos que seus pares: a versão de 65 polegadas é encontrada por valores em torno dos R$ 4,4 mil, enquanto a de 55 polegadas chega a sair por

Fone Bluetooth Realme Buds Q: acessível e meio eclético

às 19h00 por

Os fones de ouvido Bluetooth deslancharam e a Realme não quer ficar de fora desse segmento no Brasil. O Buds Q é o primeiro TWS da chinesa lançado no país por R$ 229, um bom preço que faz ele competir com outros wearables de entrada. O modelo tem bateria de longa duração (até 20 horas), controle com toque inteligente e Bluetooth 5.0. [Review] Realme 7: intermediário que quer ser premium

Realme 7: intermediário que quer ser premium

às 19h00 por

A Realme chegou ao Brasil em 2021 e anunciou dois smartphones para atrair o público local. Um deles é o Realme 7, uma versão mais básica do 7 Pro. O aparelho intermediário tem tela de 6,5 polegadas com taxa de atualização de 90 Hz, bateria de 5.000 mAh, carregador de 30 watts, NFC e quatro câmeras. Atualmente, em fevereiro de 2021, ele é vendido por R$ 2.499. [Review] Realme 7 Pro: intermediário, mas invocado [R

Carregar mais posts