Meio Bit » Miscelâneas » Brasileiros: somos tão baixo nível assim? O lixo online?

Brasileiros: somos tão baixo nível assim? O lixo online?

Há algum tempo chamamos o brasileiro, em geral, de gafanhoto digital. Estamos considerando alterar o termo, em respeito aos gafanhotos.

15 anos atrás

Há algum tempo, escrevi um artigo no Meio Bit que gerou bastante polêmica. Chamei o brasileiro, em geral, de gafanhoto digital. Estou considerando alterar o termo, em respeito aos gafanhotos.

Foi uma metáfora para sintetizar a falta de educação, o abuso, a infantilidade, o despreparo, o vandalismo, a ignorância e uma série de outros males que o brasileiro está tão acostumado em praticar que tornou-se, em turba, um especialista.

Sofremos severamente de democratite, onde um indivíduo se acha no direito de entrar em um ambiente de discussão e dar uma descarga do próprio cérebro, representando em palavras, os excrementos de pensamento que ele ou ela possuem.

Há também o senso de injustiça cometido por estrangeiros ricos contra os pobres coitados brasileiros, que devem unir força contra os americanos do mal. Esse pensamento de esquerdinha fajuta, bolchevique, xenófobo e até mesmo racista, não cabe mais no mundo moderno, mas encontra vários adeptos por aqui. E isso acaba se refletindo nessa pseudo-militância online, onde os brasileiros-gafanhotos, chamam uns aos outros para depredar e arruinar a casa dos outros. Não conseguem entender que o maior culpado dessa inferioridade não é o estrangeiro malvadão e sim, nós mesmos. Transferir responsabilidade, terceirizar os culpados é fácil demais: “foram eles, os americanos! Abaixo os USA”. Viu como é fácil?

Um dos argumentos levantados pelos insetos digitais e seus pares, os zealots, é que o computador é dele, a conexão com internet é dele e paga em dia. Então, por alguma razão divina, um website deve hospedar as opinões dele(a), senão é a volta da censura e fere o direito democrático. Será que devo explicar que opinar é um direito até que se faz uso irresponsável do mesmo? Sua liberdade de expressão é tão vasta quando começa a liberdade de outra pessoa.

Mas faltava uma prova de conceito. Minha experiência em jogos online mostrava que havia algo de errado com a imagem brasileira lá fora. Sempre há desconfiança e até hoje eu preciso acessar alguns fórums usando proxy porque os IPs do Brasil foram bloqueados, por excesso de vandalismo e abuso.

A foto da Daniella Cicareli foi apenas uma brincadeira de um blog da Wired. Não foi referência em nada com o post e a piada é engraçada dentro de um contexto. Extraído o contexto e com um bando de desocupados gafanhotos sem ter o que fazer, temos o verdadeiro festival de baixaria online, hospedado em um dos mais respeitados meios de comunicação de tecnologia do mundo, a Wired:

http://blog.wired.com/music/2007/02/brazilian_prost.html (sem link, de propósito)

Ainda não entendo o ódio desvairado contra os EUA. Inventaram a Internet, redes de computadores, o transístor, a fibra óptica, o telefone celular, chips, Lost, Heroes, Star Wars, Star Trek, Ali Larter e a Rebecca Romijin. Essas mesmas pessoas que criticam o país, o fazem usando equipamentos e tecnologias inventados por eles. Quanta ironia…

relacionados


Comentários