Meio Bit » Software » Windows Vista 32 ou 64 bits?

Windows Vista 32 ou 64 bits?

14 anos e meio atrás

Decidi adquirir uma cópia do Windows Vista e a pergunta que fez a compra ser interrompida foi: "Qual versão você quer, 32 ou 64 bits?"

- Não tenho a mínima idéia. Vou ter que pesquisar.

Ainda tenho dúvidas se a abordagem de tantas opções de sistema operacional é o melhor caminho. Versões Home Basic, Premium, Business, Ultimate, 32 bits, 64 bits... e tudo o que eu queria era "Windows Vista".

São os drivers, seu burro!

Lendo alguns websites e reviews, listados no fim desse post, cheguei a conclusão que o Windows Vista 64 ainda não possui suporte e massa crítica de mercado para valer a pena. A performance é ridícula e o suporte de drivers um lixo. E sabemos bem o que são drivers ruins escritos para um sistema operacional *tosse* Linux *tosse*.

Quando a Microsoft decidiu fornecer uma versão de 32 bits, com suporte até 4 GB de RAM, automaticamente o mercado de 64 bits ficou manco. As empresas precisam criar, testar, depurar e manter dois lotes de drivers para o Vista. Depois de anos desenvolvendo e aprimorando os drivers 32-bit do Windows XP, adivinhe quem saiu ganhando? O bom e velho XP.

O Tomshardware fez uma comparação entre o XP e o Vista 32, com ganhos consideráveis do XP. Por exemplo, o Vista foi 18% mais lento para converter um vídeo em H.264.
Em jogos, a coisa foi MUITO pior do que as mais pessimistas previsões. Quedas homéricas de performance e tudo o que o consumidor não quer é ver sua máquina nova em folha perder 30% de performance porque, ninguém ligou a mínima para otimizar o código.

Então a decisão ainda não foi tomada, mas para não ter dor de cabeça com código legado, 32 bits parece mais seguro no momento. Quando os softwares de 64 bits estiverem sendo produzidos em larga escala, estaremos em 2012 e o Vienna já estará substituindo o Vista.

Fontes:
Windows XP vs. Vista: The Benchmark Rundown
Windows Vista Feature Focus: 64-Bit (x64) Support
Windows Vista Product Guide
64-bit Computing

relacionados


Comentários