Meio Bit » Internet » Te amo Amazon, sua linda!

Te amo Amazon, sua linda!

Lojas online brasileiras deviam seguir o exemplo de atendimento ao cliente da Amazon, que é excelente no pós-venda até mesmo de um mísero brinquedo

9 anos atrás

Uma das maiores carências que temos no Brasil em relação a comércio eletrônico é o pós-venda e um bom atendimento ao cliente. Na real, temos problemas em todas as etapas do processo, mas a última parte da relação entre consumidor e empresa é a mais importante e que recebe menos atenção. Por isso, vou relatar um caso que ocorreu comigo e a Amazon, para que a gente perceba cada vez mais como as coisas deveriam ser.

Meses atrás procurei um brinquedo para o meu filho. No Brasil, só encontrei através de importação por, em média, R$ 600,00 e com prazo maior que 30 dias para entrega. Em lojas de varejo, o brinquedo constava na Americanas e no Submarino por R$ 899,00. No caso da Americanas, o brinquedo inicialmente custava R$ 599,00, mas num passe de mágica, ao fazer o pedido o brinquedo aumentou para R$ 899,00. Já estava desistindo quando resolvi dar uma olhadinha na Amazon.

amazon-logo

Procurando o brinquedo pela Amazon, vi que o preço do produto era de míseros US$ 75,00 ou quase 6x menos que o preço no Brasil. Após verificar e constatar que eles entregavam no Brasil, fiz o cálculo para saber se o preço valeria a pena. A Amazon cobrou outros US$ 75,00 de frete (é um brinquedo grande e com uma caixa imensa e pesada) e mais US$ 150,00 de adiantamento para pagamento de despesas com impostos. Achei que valia a pena, pois dessa forma pagaria o preço mais em conta que achei e o brinquedo viria pelas vias legais.

As surpresas positivas

Em primeiro lugar, o brinquedo chegou com apenas uma semana. Pagando o mesmo preço que lojas de idoneidade duvidosa, a Amazon entregou o produto em 7 dias corridos, contra os 30 dias das importadoras. Além disso, como é costume da Amazon, todo o processo é acompanhado pelo site, com atualizações constantes do status do pedido.

A Amazon havia me alertado que, caso o valor recebido de depósito para impostos fosse maior que o realmente cobrado no Brasil, devolveriam a diferença ao meu cartão de crédito. Meses depois, eis que recebo um email da Amazon falando que eu seria reembolsado nos impostos. Valor? US$ 150,00. A empresa informou que em até 2 dias o crédito estaria de volta ao meu cartão, o que de fato ocorreu, dois dias depois.

Este é um excelente exemplo de como uma empresa deve tratar um cliente, desde o primeiro momento até o pós-venda, que é o que irá garantir que o cliente retorne ao site. A Amazon já está no Brasil, por isso, deixo a dica: procure por lá se o produto que você busca é entregue no Brasil e verifique se com os custos adicionais compensa a compra. Em muitos casos você receberá o produto mais rápido e mais barato do que comprando no Brasil. E o mais incrível: será bem atendido.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários