Meio Bit » Indústria » Smartphone Android com tela e-ink pode ser opção barata e eficaz?

Smartphone Android com tela e-ink pode ser opção barata e eficaz?

Durante a MWC 2013, empresa exibe aparelhos com tela e-ink que podem ser opção interessante para mercados emergentes.

7 anos e meio atrás

fndroid02

Durante a MWC 2013, as empresas trouxeram um sem número de aparelhos para demonstração, desde os mais simples aos mais tops. Mas alguns chamaram bastante atenção, exatamente por serem bem simples, mas não simplórios: aparelhos com tela e-ink.

Diferente do Yota Phone, aparelho russo com duas telas, uma normal e uma e-ink nas costas, os modelos apresentados no estande da E Ink contavam exclusivamente com a tela similar ao Kindle, com as características de resolução já conhecidas. Mas engana-se quem pensa que os aparelhinhos são capados: os dois apresentados na feira rodam Android (bem resumido, é verdade) e contam com processador de 1GHz. O aparelho branco possui ainda um chip 3G, enquanto o preto abaixo é apenas EDGE. Este inclusive possui uma backlight para facilitar a visualização.

A pergunta é: em tempos de aparelhos cada vez mais parrudos e com telas com resoluções absurdas, por que um smartphone e-ink?

Um dos principais motivos é o preço: um aparelho como esses poderia custar tanto quanto um feature phone, com maior qualidade e possibilidade de customização. Seria uma opção interessante e economicamente viável para mercados emergentes, como o Brasil, que ainda vende celulares comuns a rodo. Um smartphone e-ink seria barato, confortável para leitura e ainda faria ligações.

A Fndroid, empresa responsável pelos protótipos, declarou que está em negociação com operadoras e pretende disponibilizá-los ainda em 2013. Vamos aguardar.

fndroid3

Fonte: TC.

Leia mais sobre: , , , , , , .

relacionados


Comentários