Meio Bit » Mobile » Playboy lança app para iOS, omitindo um pequeno detalhe: Mulher Pelada

Playboy lança app para iOS, omitindo um pequeno detalhe: Mulher Pelada

Vantagens do Android ser livre e solto: a revista Playboy chega ao iOS com um pequeno detalhe faltando (ou sobrando)…

7 anos atrás

barbie

Uma das regras definidas por Steve Jobs era que o ambiente da App Store seria familiar. Não aceitam conteúdo controverso, inflamatório, erótico-fornicatório nem nada envolvendo nudez.

É questionável? Sinceramente não, é a loja deles. Imagine você ter uma locadora e ser OBRIGADO a alugar os filmes da Gretchen.

Mesmo assim a proibição afetou material não necessariamente pornográfico, como revistas de artes e a Playboy, que por muito tempo tentou brigar, apelou pra WebApps, mas não teve jeito. A App Store, agora com a tal banca de revistas É a Vaca da Grana pra quem quer ganhar dinheiro publicando conteúdo iOS.

Diante disso, a Playboy se rendeu: lançaram um aplicativo que traz o conteúdo da revista, mas na parte das moléres, só mostra moças vestidas.

Photo 01-04-13 13 50 30Photo 01-04-13 13 48 01

 

 

Pior: ao contrário da grande maioria do conteúdo na internet, bancado por publicidade, a Playboy está apostando na demografia que PAGA por conteúdo noticioso, compra Playboy por causa dos artigos e não liga por não encontrar peladonas na revista.

Claro, é possível que dê certo, o site deles sobrevive com gente que PAGA pra ver mulher pelada na internet.

De qualquer jeito, é uma demonstração do desespero da mídia impressa, vendo o futuro escapar pelos dedos.

Preferem se submeter e deixar de prover o conteúdo que é o cerne de sua existência, se com isso podem ter uma chance de subsistir online.

Será que a Playboy sobrevive só com artigos?

Lá fora acho que não, aqui não faz diferença, toda capa é igual, basicamente ex-BBB ou a fruta antropomórfica da estação.

Fonte: Uber Gizmo.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários