Meio Bit » Games » Super amarelão

Super amarelão

O envelhecimento e consequente amarelamento da carcaça de eletrônicos é causado pela degradação de um componente químico usado como retardante de chamas, a Bromina.

8 anos atrás

O envelhecimento e o consequente amarelamento de alguns plásticos usados na carcaça não é exclusivo dos consoles de videogames, eles também acontecem muito com computadores e outros tipos de eletrônicos, principalmente os que usam o plástico ABS na sua composição. O ABS é um composto com baixa taxa de abrasividade e grande estabilidade dimensional, por isso é largamente usando na indústria, tanto na construção, como na fabricação de objetos do cotidiano.

Só que nem tudo são flores. Apesar da alta resistência térmica, por razões de segurança, os fabricantes incluem na fórmula um componente químico chamado retardante de chamas, que pelo próprio nome indica tem a função de atrasar o ponto de ignição do composto para que este demore mais a incendiar-se. Em quase todos os artigos técnicos da indústria de plásticos que eu li, este componente é o que mais apresenta chance de degradação através da exposição a radiação UV e ao oxigênio. Portanto, apresento-lhes nosso supervilão de hoje, a Bromina.

Super Nintendo Amarelo

Então, por que a porcaria do console ficou assim?

Isso ainda não explica por que alguns consoles e gabinetes ficam amarelos apenas em alguns pontos e em outros não e a resposta correta é digamos, difícil de precisar.

Primeiro porque quimicamente falando é muito difícil conseguir EXATAMENTE sempre a mesma mistura, quer dizer, podem ocorrer pequenas variações na construção das peças e isso afeta o coeficiente de degradação individual das partes que formam o objeto final. Segundo: o coeficiente de degradação é afetado por mais dois fatores além da exposição à radiação UV, exposição ao oxigênio do ar e exposição ao calor. Quer mais um elemento para complicar tudo?

Aquele retardante de chamas que eu mencionei lá em cima é instável ao… CALOR. Que ironia. Nenhuma destas variáveis é fácil de controlar, então na verdade há muito pouco o que se pode fazer para prevenir o amarelamento, a não ser seguir o que normalmente se lê nas etiquetas e manuais dos equipamentos: local ventilado, não expor diretamente ao sol, etc…

Quimicamente falando, o que ocorre é o seguinte: a radiação UV enfraquece as ligações moleculares entre a bromina e plástico, criando radicais livres de bromina. Essas moléculas reagem com o oxigênio do ar para que fiquem estáveis do ponto de vista atômico, novas moléculas são formadas e são elas que dão a coloração amarelada para os plásticos antigos.

Super Nintendo imagem interna

Radiação UV age no ABS mediante a exposição, repare que por dentro, o ABS continua com a cor original.

Tudo bem, chega de química, estou com dor de cabeça. Não, pera… ABS é solúvel em acetona, butanona e diclorometano. Então isso tem jeito, mas só depois que eu encontrar um engenheiro químico pra me explicar essa parte, então até a próxima.

Leia também:

relacionados


Comentários