Meio Bit » Games » O polêmico final de The Last of Us (com muitos spoilers)

O polêmico final de The Last of Us (com muitos spoilers)

Uma reflexão sobre o final polêmico do jogo The Last of Us

7 anos atrás

Faz um tempo que terminei de jogar The Last of Us, um jogo com que me envolvi muito emocionalmente. De fato, depois de terminar, fiquei durante muitos dias pensando e refletindo sobre todo o enredo e principalmente sobre o final dele. Esse tipo de reflexão, a meu ver, só acontece realmente quanto a obra e neste caso por que não dizer, uma obra de arte, nos atinge profundamente e muda alguma coisa em nossas vidas.

Spoiler Alert

Pare aqui se não quiser ler spoilers

Spoilers abaixo!

Então, por que ele mentiria para ela? No começo, eu achei que teria sido um final melhor se Joel tivesse deixado Ellie morrer e eles tivessem encontrado a vacina, mas depois acabei entendendo que, na verdade, o final foi bom. Acabei entendendo que precisava olhar mais profundamente para os personagens. Joel perdeu sua filha. Não foi por causa dos zumbis e nem foi algum tipo de acidente. Alguém atirou nela. Uma PESSOA atirou nela. Joel nunca esqueceu aquilo. Ele não acredita que vale a pena salvar a humanidade, uma humanidade que matou sua filha. E ele pode estar certo.

Quase todas as pessoas com que ele interage no jogo tentam matá-lo. A humanidade está além de qualquer ajuda. O jogo sublinha isso brilhantemente. Zumbis são fáceis de matar, previsíveis. São os seres humanos que são perigosos. Joel e Ellie não devem nada à humanidade. Muita gente pode achar que é egoísta da parte de Joel não permitir que a vacina seja produzida. Mas nunca houve qualquer promessa de uma vacina para começo de conversa. Eles teriam avançado, com certeza, mas ninguém pode afirmar que haveria alguma vacina algum dia.

Joel e Ellie constroem uma relação muito forte durante o jogo.

Joel e Ellie constroem uma relação muito forte durante o jogo.

Sobre a mentira. Há uma série de razões pelas quais ele poderia mentir para Ellie. Acredito que o mais aceitável seja o fato de Ellie já estar sofrendo demais por ter sobrevivido tanto tempo, enquanto todos a sua volta iam perecendo. Temos um vislumbre desse sentimento, quando Joel e Ellie encontram as girafas e ele diz a ela que sua jornada talvez apenas torne tudo pior. Pais mentem para seus filhos para protegê-los, e não há como negar que Joel vê Ellie quase como uma filha até o final.

Como Joel disse “você continua sempre encontrando algo por que lutar”. Joel está lutando por Ellie, ele fez dela sua razão de existir. Joel não seria capaz de perder outra “filha”. O final é completamente em sincronia com o resto do jogo: resistir e sobreviver.

Não, você não vai matar Ellie.

Não, você não vai matar Ellie.

Em tempo, não seria legal se o jogo tivesse uma continuação?

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários