Meio Bit » Games » Como clarear plástico amarelado

Como clarear plástico amarelado

Veja três receitas caseiras para tirar o amarelado de consoles (Super Nintendo), monitores e eletrodomésticos.

8 anos atrás

Certo, nos últimos artigos (1, 2 e 3), vimos uma série de informações importantes sobre as causas do amarelamento dos plásticos de consoles antigos, formas de prevenir o dano causado pela radiação ultra-violeta e a explicação técnica sobre como isso ocorre. Agora chegou a hora de colocar a mão na massa. Abaixo estão explicações e testes que eu realizei para tentar determinar a melhor maneira de lidar com esse problema, as receitas utilizando ingredientes caseiros e os resultados.

Nhami, o bolo vai ficar uma delícia.

Nhami, o bolo vai ficar uma delícia.

Mas, antes de começar, alguns lembretes importantes:

− Lave muito bem as peças antes de qualquer procedimento para remover todas as impurezas, poeira e outras manchas. Eu utilizei aqueles produtos chamados “limpeza pesada”, eles tem alto poder de remoção. Depois de lavar, enxague muito bem para remover o próprio produto de limpeza da peça. Você também pode usar detergente neutro, mas algumas manchas podem ser mais difíceis de remover com ele.

− Nunca use nada abrasivo para limpar as peças. Nada de usar escovas de cerdas duras, saponáceos ou palha de aço. Além de não ser eficaz, vai riscar e danificar a peça permanentemente. Se você se deparar com alguma mancha realmente difícil de remover, deixe de molho por algumas horas e tente de novo. Use apenas a parte amarela da bucha de limpeza.

− Use luvas. Todos os experimentos abaixo podem te ferir. E EU ESTOU FALANDO SÉRIO. O peróxido de hidrogênio pode queimar a pele e se chegar aos seus olhos ou mucosas, podem causar complicações ainda maiores. Use luvas e tenha muito cuidado.

− Se você for usar uma lâmpada de luz ultra-violeta, NUNCA olhe diretamente para ela, você pode ficar cego. SÉRIO.

− Nenhum resultado é 100% garantido. No meu caso algumas peças precisaram ser tratadas mais de uma vez para atingir o resultado esperado. Tenha calma, cuidado e paciência.

Antes: O pobre estava bem acabadinho.

Antes: O pobre estava bem acabadinho.

As duas primeiras receitas são baseadas nas informações do site Retr0Bright e aperfeiçoadas conforme fui testando. O pessoal deste site fez um excelente serviço de materiais fáceis de encontrar e comprar para os produtos químicos necessários. Por exemplo, o peróxido de hidrogênio foi substituído por água oxigenada comum usada para descolorir cabelos, o Tetraacetylethylenediamine (ufa, deixa eu tomar um gole de água pra continuar) é o componente ativo dos detergentes “oxigênio ativo” usados para auxiliar na lavagem de roupas. E aqui cabe um parêntesis pra enfatizar o quão inteligente foi essa substituição, o Tetraacetylethylenediamine (pode tentar, duvido que você consiga) é um componente dificílimo de comprar em pequena quantidade. No nosso experimento, ele é o catalizador que faz o peróxido de hidrogênio interagir com a bromina (nosso super-vilão favorito).

As medidas abaixo são para uma pequena quantidade, você pode escalar para cima até obter a quantidade de que necessita para tratar a sua peça. A ação do Retr0bright só é desencadeada sob luz ultra-violeta (sim, a mesma que causou o problema vai nos ajudar a solucioná-lo). Você pode deixar a mistura sob a luz do sol forte ou usar uma lâmpada de luz ultra-violeta. O tempo de ação é diferente, mas o resultado é muito parecido.

Resultados com o Retr0Bright Líquido, receita adaptada.

Resultados com o Retr0Bright Líquido, receita adaptada.

Retr0bright Líquido

Ingredientes: 100 mL de Água Oxigenada Líquida 40 vol e 10 mL de Vanish Líquido, sol forte ou lâmpada de luz ultra-violeta.

Modo de usar: Misture até obter uma mistura homogênea. Como essa mistura é líquida, você precisa de um recipiente onde possa fazer uma quantidade suficiente para imergir totalmente a peça a ser tratada. Melhor para tratar pequenas peças devido a quantidade necessária e ao custo.

Tempo de ação: 4 horas sob o sol, 1 hora a 1 hora e trinta minutos sob lâmpada ultra-violeta (15 watts).

Resultado: Bom. Para uma peça bastante degradada, foram necessários 3 sequencias de tratamento.

O que pode dar errado: Se a peça não ficar completamente submersa, pode acabar manchada permanentemente.

Resultados com o Retr0Bright Pasta, receita adaptada.

Resultados com o Retr0Bright Pasta, receita adaptada.

Retrobright Pasta

Ingredientes: 100 mL de Água Oxigenada Gel ou Creme 40 vol e 10 mL de Vanish pó, uma colher de café de Amido de Milho (Maizena), sol forte ou lâmpada de luz ultra-violeta.

Modo de usar: Dilua o Vanish em água morna, misture com a água oxigenada e vá acrescentando o amido de milho devagar até obter uma mistura homogênea. Aplique uniformemente na peça a ser tratada.

Tempo de ação: 4 horas sob o sol, 1 hora a 1 hora e trinta minutos sob lâmpada ultra-violeta.

Resultado: Ótimo. Para uma peça bastante degradada, foram necessários 2 sequencias de tratamento.

O que pode dar errado: Se a mistura ficar muito tempo e secar, pode acabar manchando a peça permanentemente.

SOMENTE PARA EXPERTS (MUITO PERIGOSO)

A última receita só pode ser feita por pessoas com experiência e equipamento para lidar com reações químicas complexas e potencialmente tóxicas, pois envolve gás cloro, que pode matar, LITERALMENTE. A vantagem desta última é que o tempo para o tratamento é medido em minutos e não precisa de luz ultra-violeta para desencadear a ação. Se você for louco o suficiente para tentar isso, só faça se tiver todas as condições técnicas e o equipamento de segurança adequado, como a capela de laboratório.

Este experimento foi baseado neste outro, realizado por um engenheiro químico. MAIS UMA VEZ, SEJA EXTREMAMENTE CUIDADOSO AO BRINCAR COM ISSO. O ácido sulfúrico (que é opcional) serve como catalizador, fazendo com que o Metanol absorva mais gás cloro do que ele conseguiria fazer sozinho. A solução pronta perde o efeito depois de dois ou três dias, então prepare-a perto do momento de usá-la. O resultado se torna visível após apenas cinco minutos de imersão e você pode controlar o resultado visualmente através do vidro. Se você deixar demais, o plástico vai começar a perder a cor. Se deixar por duas horas ou mais, ele vai ficar quebradiço como vidro.

Preparo da solução deve ser feita usando uma capela de laboratório pois o gás cloro é tóxico.

Preparo da solução deve ser feita usando uma capela de laboratório pois o gás cloro é tóxico.

A reação é extremamente rápida, veja o progresso em apenas 3 minutos.

A reação é extremamente rápida, veja o progresso em apenas 3 minutos.

Solução de Etanol e Gás Cloro:

Ingredientes: 500 mL de Etanol ou Metanol (Metanol funciona melhor, mas é mais difícil de encontrar), 5 gotas de Ácido Sulfúrico Concentrado (opcional) e Gás Cloro (se você não sabe como obter, você não deveria estar fazendo esse experimento).

Modo de usar: Em um béquer, dilua cinco gotas de ácido sulfúrico concentrado em 500 ml de etanol. Dentro da capela de laboratório, bombeie o gás cloro na solução até que ela fique amarela (mais ou menos 50 cm³).

Tempo de ação: De 5 a 10 minutos.

Resultado: Excelente. Para uma peça bastante degradada foi aplicado por 7 minutos.

O que pode dar errado: Você pode morrer.

Conclusão:

Como é mesmo aquela frase famosa? Uma imagem vale por mil palavras?

Depois: Limpo, lindo e pronto pra arrasar.

Depois: Limpo, lindo e pronto pra arrasar.

Leia também:

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários