Meio Bit » Hardware » Samsung vai lançar um novo smartphone flip igual ao do Jackie Chan?

Samsung vai lançar um novo smartphone flip igual ao do Jackie Chan?

Segundo informações vazadas Samsung estaria planejando lançar novo smartphone flip no mercado interno, tal qual o (caríssimo) aparelho do Jackie Chan disponível na China

7 anos atrás

smartphone-flip-jackie-chan

No ano passado a Samsung lançou na China um curioso modelo de smartphone: o SCH-W2013 é um aparelho equipado com processador quad-core de 1,4 GHz, 2 GB de RAM, câmera traseira de 8 megapixels e frontal de 1,9 e 16 GB de armazenamento interno e Android 4.0 Jelly Bean. Tudo isso acondicionado no corpo de um celular flip, que conta ainda com duas telas touch Super AMOLED 3,7 polegadas com resolução de 800 x 480 pixels (252 ppi). O astro dos filmes de ação Jackie Chan foi o garoto-propaganda do aparelho lançado apenas na China, que contava com um preço pra lá de premium: o equivalente a quase 7 MIL reais!

sch-w2013

Ao contrário do que parecia apenas uma situação isolada (no oriente, principalmente no Japão celulares flip ainda são bem populares, no último caso principalmente pela principal operadora, a DoCoMo, não trabalhar com o iPhone), segundo um PDF vazado a Sammy pode estar trabalhando em um novo modelo de smartphone flip, voltado para o mercado interno e com uma configuração um pouco inferior ao celular anterior, o que poderia significar um preço mais amigável (mas não muito, diria eu):

pdf-novo-smartphone-flip

Segundo informes o SHV-E400K (chamado de Galaxy Folder) contará com as seguintes especificações, as únicas contidas no PDF:

  • processador dual-core Snapdragon 400 de 1,7 GHz;
  • 2 GB de RAM;
  • duas telas AMOLED, ao menos com uma dela possuindo 3,7 polegadas com resolução de 800 x480 pixels (252 ppi);
  • suporte à rede 4G LTE;
  • Android Jelly Bean (versão não especificada).

Embora muito provavelmente o ocidente não verá esse smartphone, não deixa de ser curioso que o mercado asiático ainda tenha demanda para esse tipo de celulares. O único porém é que se o preço seguir o mesmo caminho do modelo chinês, ficará evidente que o público-alvo são pessoas que não se adaptaram ao atual form factor dos smartphones e que podem pagar por um modelo retrô, mas com funções atuais e poder de fogo que não deve a bons mid-highs no mercado.

Fonte: The Register.

relacionados


Comentários