Meio Bit » Games » RPGs: Batalhas por turnos ou em tempo real?

RPGs: Batalhas por turnos ou em tempo real?

13 anos atrás

Há algumas semanas eu estou jogando o fantástico Mass Effect. desde que comecei a aventura o sistema de batalha do game me cativou. No jogo praticamente não há pausa nas batalhas, tudo funciona como um jogo de ação em terceira pessoa. Você deve mirar nos inimigos, deve se proteger atrás de objetos e só precisar parar as batalhas para trocar de armas ou escolher as magias.

Depois de pensar um pouco, cheguei a conclusão de que não gosto mais de batalhas por turno em RPGs. Cresci jogando games do gênero com esta mecânica e mesmo não vendo problema nela, acho que as brigas em tempo real trazem mais dinamismo aos RPGs.

Todos sabem que os Role Playing Games são jogos mais parados, com muitos textos e (que deveriam ter) boa história. O que para muitos é uma qualidade, para uma boa parte dos jogadores é o que os impedem de gostar destes games. No caso dos RPGs com batalhas em tempo real, essa "monotonia" acaba sendo diminuída e pode fazer com que até aqueles que não gostam desse estilo de jogo sintam-se mais a vontade.

Basta ver a quantidade de pessoas que gostam de games como Brave Fencer Musashi, The Legende of Zelda, Alundra e mais uma infinidade de títulos mesmo sem nunca ter "aguentado" jogar mais de duas horas de algum Final Fantasy ou Dragon Quest. E isso que nem vou entrar no mérito de jogos no estilo de Diablo ou Baldur's Gate.

O fato é que mesmo Final Fantasy, a série de maior sucesso no ocidente já está deixando os turnos um pouco de lado. Quem já jogou a décima segunda versão do game ou o Crysi Core para PSP, viu que as lutas estão mais dinâmicas e é muito provável que a Square-Enix adote algo parecido para os próximos games.

Eu gostaria de lançar uma questão para vocês então: Qual tipo de RPG te agrada mais? Os que possuem batalhas por turnos, ou aqueles em tempo real?


Vídeo mostrando as batalhas de Mass Effect

relacionados


Comentários