Meio Bit » Internet » China lança campanha contra pornografia e vulgaridade na Internet

China lança campanha contra pornografia e vulgaridade na Internet

13 anos atrás

O governo comunista de Pequim (para mim sempre será Pequim) que já tem o Grande Firewall, filtrando conteúdo politicamente não-interessante para o Status Quo resolveu ir adiante em sua cruzada de censura e proibições.

Agora, defendendo uma pretensa "moral" chinesa, iniciaram uma campanha contra sites que -segundo eles- promovem pornografia e vulgaridade, conteúdo que:

"Danifica seriamente a saúde física e metal da juventude chinesa e diretamente afeta os interesses do povo Chinês"

Ah coitadinhos... mas piora:

Eles querem, com a campanha, "limpar" a Internet, e cuidar de sua "Atmosfera vulgar"

Ao vivo pode, na Internet que é complicado

Curioso é que o Japão, que está ali do lado, é muito mais bem-sucedido socialmente e em termos de sacanagem na Internet são imbatíveis. E nem por isso são vistos (exceto pelos Internautas) como uma sociedade sexual e moralmente doente.

O que vemos é mais uma vez um pequeno grupo querendo impor sua ética e moralidade a uma maioria, que não compartilha da mesma visão. Só que sendo na China, é muito pior.

A "campanha" já chegou a uma lista dos maiores contraventores. Os sites que mais promovem a pornografia, a devassidão, a safadeza e que trarão a ruína moral ao Povo Chinês são:

Google, Baidu, Sina.com, Sohu.com, QQ.com, NetEase.com, Chinaren.com,
Zhongsou.com, Mop.com, OpenV.com, Vodone.com, Tianya.cn, Uuu9.com,
Yesky.com, Hefei.cc, Tiexue.net, 131.com, SoGua.com e Kuaiche.com.

Vão ser bem-sucedidos? Provavelmente. Para operar no deliciosamente lucrativo mercado chinês os sites de busca já aceitam filtros que alteram a realidade de uma forma Orwelliana, pesquisas sobre o Dalai Lama só trazem resultados críticos ao líder tibetano exilado, e pesquisas sobre o massacre da Praça Tiananmen, bem...

Fonte: ChinaTechNews

relacionados


Comentários