Meio Bit » Games » Devemos nos preocupar com o preço do PS4 na Argentina?

Devemos nos preocupar com o preço do PS4 na Argentina?

Sony assusta ao anunciar PS4 na Argentina pelo equivalente a R$ 2.600, mas descobrimos que videogames por lá são mais caro do que aqui.

7 anos atrás

messi

A Sony continua fazendo mistério sobre o preço que será cobrado pelo PlayStation 4 no Brasil, o que esperamos demore no máximo até a Brasil Game Show, mas ontem a empresa divulgou o valor do videogame na Argentina e talvez isso sirva para termos uma ideia de quanto ele custará por aqui.

Para tristeza dos hermanos, quando o novo console for lançado por lá eles terão que desembolsar salgados 6.499 pesos argentinos, o que seria equivalente a US$ 1.137 ou, R$ 2.600. Isso fez com que muitos jogadores começassem a especular que por aqui o PS4 não será vendido por menos de R$ 2.500, o que não chega a ser absurdo se considerarmos o histórico da fabricante, mas para ter uma melhor noção de quanto custa um videogame por lá, resolvi fazer uma breve pesquisa em lojas virtuais e descobri algo interessante.

Vamos começar pela loja mantida pela própria Sony. Se no Brasil podemos adquirir um PlayStation 3 com o jogo God of War Ascension por R$ 1.099, no país vizinho o modelo mais barato custa o equivalente a R$ 1.520, embora venha com dois títulos (Uncharted 3 e LittleBigPlanet 2), mas que não justificam a diferença de preço. Já em outra loja, o aparelho com o mesmo jogo estrelado pelo Fantasma de Esparta nos custaria ainda mais caro, R$ 1.680 e mesmo se considerarmos o Buscapé portenho, onde muitas vezes as lojas tem origem duvidosa, não é possível encontrar o PS3 por menos de R$ 1.260.

Isso significa que veremos o PlayStation 4 sendo lançado por aqui por um valor muito inferior ao que será praticado na Argentina, não necessariamente, ainda mais com a variação pela qual o dólar está passando atualmente. No entanto, os preços cobrados pelo atual console por lá mostram que o país tem muito mais similaridades com o Brasil do que apenas a paixão pelo futebol, ou seja, videogames com preços muito acima daqueles que vemos nos Estados Unidos ou Europa, lamentavelmente.

Fonte: VG247.

relacionados


Comentários