Meio Bit » Miscelâneas » Emergência 911: Anatel determina adoção do número em todo o Brasil

Emergência 911: Anatel determina adoção do número em todo o Brasil

Visando a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos, Anatel determinou que ligações para 911 e 112 sejam encaminhadas ao serviços de emergência no Brasil.

8 anos atrás

01189998819991197253

Você já assistiu ao menos um filme policial feito nos Estados Unidos? Então certamente sabe que o número “911” é tão conhecido pelo povo da terra do Tio Sam quanto nós, brasileiros, conhecemos as maracutaias feitas pelos nossos queridos políticos.

Diferente do Brasil, onde cada serviço de emergência tem um número (Polícia Militar 190, SAMU 192 e Corpo de Bombeiros 193), na terra de Hollywood, as coisas são todas centralizadas no 911. Disque 911, diga qual a sua emergência e reze aguarde ela ser atendida.

Infelizmente, como nunca foi feito um acordo para padronizar este tipo de numeração, é normal que turistas se sintam perdidos e, até mesmo, desprotegidos ao viajarem para fora de seus países. Só que isso está prestes a mudar no Brasil.

Possivelmente de olho na Copa do Mundo e nos Jogos Olímpicos, que serão realizados nos próximos anos no Brasil, a Anatel resolveu mostrar serviço e, após quatro meses de enrolação consultas públicas e estudos, determinou que as operadoras nacionais passem a interceptar e redirecionar todas as chamadas para 911 e 112 (utilizado em muitos países europeus). Assim, nossos visitantes poderão pedir ajuda ligando para os números que já conhecem.

De acordo com o Tecnoblog, as cidades que sediarão os jogos da Copa deverão implementar as mudanças no serviço de telefonia em até 150 dias após a publicação no Diário Oficial da União. As demais cidades terão um mês a mais e poderão levar até 180 dias para deixarem tudo funcionando bonitinho. Além do encaminhamento, a Anatel determinou que as empresas se virem nos trinta e passem a obter a localização geográfica de onde a chamada está sendo realizada.

Sei que a decisão da Agência provocará muito #mimimi, principalmente por aquele povo anti-americano que acha que o Brasil (e muitos outros países) sempre arrumam um jeitinho (não o brasileiro) para privilegiarem os visitantes de lá. Particularmente, acho a ideia da Anatel louvável, só não sei até que ponto os atendentes dos serviços de emergência estão preparados para lidarem com pessoas que não falam o nosso idioma.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários