Meio Bit » Hardware » YotaPhone, smartphone russo com telas LCD e E-Ink é lançado na Europa por € 499

YotaPhone, smartphone russo com telas LCD e E-Ink é lançado na Europa por € 499

Smartphone com displays LCD e E-Ink no mercado doméstico e mais quatro países da Europa; não há previsão de lançamento do YotaPhone nos Estados Unidos

7 anos atrás

yotaphone

Quando a empresa russa Yota Devices anunciou pela primeira vez o YotaPhone, a ideia parecia no mínimo bizarra: um smartphone com uma tela LCD e outra E-ink traseira que fica ligada o tempo inteiro, útil para ser utilizada para exibir mensagens de texto, atualizações de redes sociais e principalmente, ser utilizada como uma tela para leitura de e-books.

Desde então passou-se um ano, inclusive com exibição dos protótipos durante a MWC 2013. Agora finalmente o aparelho está disponível para compra em apenas quatro mercados europeus além da Rússia: Alemanha, Áustria, França e Espanha.

Como é sua primeira incursão e ainda por cima com um aparelho tão ortodoxo, a Yota preferiu investir em um hardware respeitável, com dois displays de 4,3 polegadas; o LCD com resolução de 1280 x 720 pixels (342 ppi), enquanto que a tela E-Ink possui resolução de 640 x 360 pixels, o suficiente para reproduzir um e-book sem muito esforço. A segunda tela também é responsável por fazer algumas gracinhas, como exibir a seguinte mensagem quando o usuário seleciona a câmera:

yotaphone-e-ink-camera-message

O SoC é um dual-core de 1,7 GHz da Snapdragon, e o aparelho possui 2 GB RAM e 32 GB de espaço interno. O YotaPhone é compatível com 3G, Wi-Fi, Bluetooth 4.0, A-GPS e GLONASS, como era de se esperar. A bateria de 1.800 mAh garante segundo a fabricante 50 horas de leitura através da tela E-Ink, performance essa que muito dificilmente será alcançada devido outros recursos do smartphone. O sistema embarcado é o Android 4.2 Jelly Bean.

O smartphone será vendido nos cinco países iniciais por € 499, o equivalente a R$ 1.610,00. A Yota Devices não pretende lançar o aparelho nos Estados Unidos e não há a menor previsão de que o YotaPhone dê as caras no Brasil.

Fonte: TR.

relacionados


Comentários