Meio Bit » Games » Os games e o invencível Paulo Henrique Machado

Os games e o invencível Paulo Henrique Machado

Tendo passado a vida inteira em um hospital, Paulo Henrique Machado encontrou nos games uma válvula de escape e em breve lançará uma animação criada por ele mesmo onde contará um pouco da sua experiência.

8 anos atrás

paulo-machado-2

Imagine uma vida inteira vivida no leito de um hospital. Mais de quatro décadas sem poder ir para onde quiser, na hora que quiser. Todo esse tempo precisando de um respirador artificial para manter-se vivo e sabendo que a doença que lhe atingiu nunca será curada.

Seria difícil? Você acha que não conseguiria encarar a situação? Pode até ser, mas a verdade é que a única opção para Paulo Henrique Machado era continuar vivendo e uma das coisas que tem ajudado o brasileiro internado há 43 anos no Hospital de Clínicas de São Paulo, são os games.

Tendo perdido sua mãe dois dias após o nascimento, Paulo contraiu poliomielite e por isso foi aceito, junto com outras crianças, para viver no hospital, onde teriam o tratamento adequado e apesar da expectativa de vida daqueles pacientes ser de apenas 10 anos, ele e Eliana Zagui continuam nos dando uma lição de como aproveitar algumas oportunidades que nos são dadas.

Mesmo sem nunca terem frequentado uma escola, cada um conseguiu se especializar em uma área e enquanto Eliana se tornou autora, tendo publicado o elogiado livro Pulmão de Aço, Paulo dedicou-se à animação e depois de conseguir financiar seu projeto, lançará o As Aventuras de Léca e Seus Amigos, um desenho que ele mesmo está fazendo e que conta com o roteiro da sua companheira de quarto.

Durante todos esses anos, não passou de 50 o número de vezes que eles deixaram o hospital, como por exemplo quando foram levados para ver o pôr do sol na praia e outro passeio que deve ter sido muito empolgante para ele aconteceu recentemente, quando funcionários do hospital organizaram uma visita à Brasil Game Show, uma das maiores feiras de videogame do planeta.

Nela Paulo pôde conhecer as últimas novidades da indústria, ter contato com pessoas diferentes e esquecer por algumas horas as dificuldades que encarou durante todos esses anos, sabendo que ao voltar para sua casa poderá continuar utilizando os games para aquilo que costumo dizer que é o seu principal objetivo, que é nos transportar para mundos muito diferentes do nosso, onde podemos ser mais rápidos, mais fortes e até invencíveis, o que diga-se, Paulo e Eliana já mostraram ser.

http://youtu.be/TqjmVdlP_to

Fonte: CNN e MailOnline, sugerido por @desgastada.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários