Meio Bit » Mobile » CyanogenMod recebe mais US$ 23 milhões em investimentos e a benção do Google

CyanogenMod recebe mais US$ 23 milhões em investimentos e a benção do Google

CyanogenMod vai utilizar o dinheiro para contratar mais profissionais em 2014 e expandir seus negócios; Google aprovou o sistema ao certificar o Oppo N1

7 anos atrás

cyanogenmod-001

O ano de 2013 foi muito bom para o pessoal do CyanogenMod. O até então grupo de entusiastas de Android que criaram uma versão do robozinho verde tendo em vista atender os inúmeros aparelhos que a indústria abandona sem atualizações cresceu e resolveu diversificar. Resolveu que era hora de se tornar uma empresa, transformar o CyanogenMod num fork de fato do Android e fechar parcerias com fabricantes, de modo a se tornar popular.

O primeiro passo foi o aporte de US$ 7 milhões que recebeu da Benchmark Capital and Redpoint Ventures, que foram necessários para sair do amadorismo e se tornar de fato uma empresa de software. A seguir ela liberou o CyanogenMod Installer, um app que trabalha em conjunto com o desktop para instalar de modo simplificado a ROM da empresa sem ter que passar por todo o processo de desligar e entrar em modo Recovery, que querendo ou não nem todo mundo se sente à vontade de fazer. Infelizmente o app foi removido da Google Play Store, mas o arquivo .apk ainda pode ser instalado diretamente, bem como a aplicação para desktop. Por fim ela fechou parceria com a Oppo, o que permitiu que o CM 10.2 fosse embarcado de fábrica no N1, em foblet de característica bem peculiares que chegará no dia 24 nos Estados Unidos.

Agora o CyanogenMod realizou a segunda rodada de investimentos, e recebeu US$ 23 milhões do grupo de investimentos Andreessen Horowitz e da empresa de internet Tencent. O dinheiro será utilizado para contratar mais profissionais em 2014 e também direcionado para o marketing do sistema, de modo a solidificar a nova fase do grupo como uma empresa de tecnologia.

O mais legal dessa história é que mesmo que o Google não tenha gostado que o CyanogenMod Installer disponibilizasse uma ferramenta que na sua interpretação, "incentivasse os usuários a invalidarem a garantia de seus dispositivos", por outro lado ela reconheceu o sistema como um fork oficial, já que o Oppo N1 possui certificação Google CTS - ele virá com os Google Apps carregados de fábrica. Resta saber como serão as coisas daqui para a frente, e de minha parte eu adoraria um Galaxy S5 ou um Nexus 5 com o CyanogenMod de fábrica.

O único porém é saber se a comunidade irá apoiar o CyanogenMod daqui para a frente, já que muitos se uniram ao projeto pela ideologia e não gostaram quando ela resolveu se estabelecer como uma empresa. Entretanto considerando tudo o que ela alcançou como independente, ela tem tudo para ir ainda mais longe agora que tem dinheiro, mais profissionais e apoio de fabricantes.

Fonte: ET.

 

relacionados


Comentários