Meio Bit » Fotografia » Fuji X-T1 é oficial

Fuji X-T1 é oficial

A Fujifilm X-T1 é oficial e vem para brigar no mercado de câmeras mirrorless com alto desempenho. O corpo resistente e o design retro são as armas para conquistar os consumidores mais exigentes e que se importam com a aparência da câmera.

6 anos e meio atrás

Bem, acabou toda a especulação sobre o novo lançamento da Fuji. No dia de hoje a X-T1 se torna oficial e vai causar ansiedade em todos que gostam de um equipamento com uma pegada retro. Vamos ser justos, a Fuji (juntamente com a Olympus e Panasonic) que começaram com essa onda de câmeras com design inspirado em câmeras antigas. A linha X da Fuji é descaradamente baseada em câmeras rangefinders da primeira metade do século XX. Mas, isso não é negativo. Apostar no saudosismo se mostrou muito positivo para os negócios da empresa. Agora, essa tendência atingiu novos patamares com a X-Ti, uma câmera muito parecida com as reflex mecânicas, que fizeram muito sucesso até o final da década de 1980. O fato dos comandos principais estarem nos seletores da parte superior da câmera reforçam ainda mais a experiência de estar utilizando uma câmera clássica.

A X-T1 apareceu, de forma discreta, em um suplemento que comemorava os 80 anos da Fuji. Nenhum detalhe, apenas a silhueta da câmera. Porém, a internet foi invadida por imagens que, supostamente, vazaram e por informações não oficiais em sites de rumores. O que podemos ver agora, é que a maioria destes rumores estavam certos. A X-T1 é uma mirrorless com cara de câmera reflex. Está equipada com um sensor CMOS de 16 megapixels com a tecnologia X-Trans II da Fuji. Uma coisa que podemos confiar na empresa é a alta qualidade de seus sensores. A câmera possui o corpo selado contra fatores climáticos (não é a prova de água, mas deve resistir a uma chuva), está equipada com um visor LCD articulado de 3 cm, além do enorme visor eletrônico de alta resolução com taxa de resposta de apenas 0,005 segundos e que possui 4 modos diferentes de visualização. A câmera também tem conexão via Wi-Fi (uma coisa normal nos dias de hoje) e possui a possibilidade de ser disparada remotamente com o seu tablet ou smartphone. Isso já livra de ter que gastar com um controle remoto.

Todo o corpo da câmera é feito de magnésio, o que deve garantir uma boa durabilidade. A Fuji garante que está é a primeira câmera do mundo com total compatibilidade com os novos cartões SD UHS-II. Mais velocidade na gravação dos arquivos. Fechando o pacote de características importantes para o fotógrafo, a câmera tem capacidade de processar o RAW e já gerar um JPEG para ser compartilhado nas redes sociais. Muito útil para quem não abre mão da qualidade do RAW e da possibilidade de compartilhar suas fotos na hora.

A Fuji X-T1 vai estar disponível pelo valor de US$ 1.299,95 (apenas o corpo), ou US$ 1.699,95 com a lente XF18mm-55mm f/2,8-4. Levando em conta os preços praticados no Brasil das primeiras câmeras da linha X quando aqui chegara, diria que essa vai passar de R$ 5 mil na loja da Fuji no Brasil.

fuji_XT1Fonte: Dpreview

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários