Meio Bit » Fotografia » RAW Beauty Talks - a verdade crua

RAW Beauty Talks - a verdade crua

O site RAW Beauty Talks mostra uma postura a favor da auto-estima feminina e publica ensaios sem pós-processamento e nem maquiagem em suas modelos. Uma atitude interessante e corajosa.

6 anos e meio atrás

raw_beauty_talks-(1).

Quem aqui trabalha profissionalmente com retratos femininos sabe como sofremos na hora de entregar o trabalho final. Muitas mulheres chegam no estúdio já perguntando sobre a habilidade do fotógrafo em sumir digitalmente com todos os seus defeitos (reais ou imaginários). Em minha humilde opinião, aquilo que carregamos faz parte de quem somos. Mudar isso é mudar a história que construímos. Mas, também temos o outro lado. Mulheres que nos procuram para ter seu dia de princesa e onde o importante é a fantasia. Ser outra pessoa, realizar um sonho. Profissionalmente temos que saber pesar os dois pontos e criar nossa própria linguagem fotográfica. Mas, não é fácil. Uma cliente que tive recentemente não consegue finalizar o seu álbum, pois sempre encontra um defeito a mais nas fotos para ser reparado. Já ultrapassei em muito o meu nível de edição nestas fotos e ela ainda não está feliz. Na última vez que a encontrei levantei a possibilidade de que o problema não são as fotos e sim a maneira como ela se aceita e o fato de não gostar do que vê nas imagens. Acho que, neste caso, cheguei ao ponto principal.

Não vou ficar aqui falando como as revistas de moda, e a publicidade em geral, não fazem um serviço positivo ao mostrar mulheres perfeitas e irreais para o público consumidor. Mas, temos que admitir que elas propagam sim um ideal de beleza que não existe, mas que se torna desejável. Talvez também faça parte do trabalho do fotógrafo (talvez o autoral, pois na prática comercial é quase inviável nadar contra a correnteza) mostrar que, nem sempre, esse é um caminho sem volta. Por isso que adoro ver projetos como o RAW Bealty Talks que não é, necessariamente, sobre fotografia, mas nos trás algumas possibilidades para trabalharmos nossa produção. A ideia é simples. Ensaios de mulheres sem pós-edição (retoques digitais) e, provando ser uma proposta radical, nem maquiagem é permitido. Além disso, o figurino é o mais básico possível. O site, que entrou no ar em janeiro de 2014, foi fundado por Erin Treloar, proprietária de um estúdio de pilates que passou por graves distúrbios alimentares em sua adolescência. A missão do site, segundo a fundadora, é "Ajudar as mulheres a encontrar um nível mais profundo de confiança, auto- amor e aceitação , para que possamos mudar nosso foco do superficial para realizar o inimaginável." Pode parecer estranho, mas eu achei muito bacana.

Junto com as fotos, a modelo responde uma entrevista com perguntas que vão desde o momento em que sente mais bonita até o que a assusta no envelhecimento. O site não é um bastião ideológico contra a maquiagem e outros processos de embelezamento, mas quer trazer o debate sobre a auto aceitação e a auto estima. No dia de seu lançamento (14 de janeiro) o site teve 14 mil pageviews e até agora mais de 100 mulheres de todo os Estados Unidos (inclusive algumas celebridades locais) já fizeram um ensaio para o site. Mas, elas não querem parar. Estão aceitando pedidos e agendando novos ensaios. Espero que não demore muito para versões nacionais começarem a aparecer.

raw_beauty_talks-(2)

raw_beauty_talks-(3)

raw_beauty_talks-(4)

raw_beauty_talks-(5)

raw_beauty_talks-(6)

raw_beauty_talks-(7)

Fonte: PetaPixel.

relacionados


Comentários