Meio Bit » Games » Diretor de arte de The Last of Us deixa a Naughty Dog

Diretor de arte de The Last of Us deixa a Naughty Dog

Crise ser principal causa de estúdios da Sony perderem profissionais; Nate Wells, diretor de arte de The Last of Us é o mais recente a deixar a Naughty Dog

7 anos e meio atrás

the-last-of-us

Alguma coisa muito estranha acontece na Naughty Dog. Primeiro a diretora criativa da série Uncharted Amy Hennig saiu, indo pouco tempo depois para a Visceral Games. Até o presente momento nem Hennig nem o estúdio entraram em detalhes sobre qual foi o motivo para sua saída, mas tudo leva a crer que a decisão veio de cima. Logo depois o então diretor de Uncharted 4 Justin Richmond anunciou sua saída, se unindo à Riot.

Agora é a vez de Nate Wells, artista responsável por The Last of Us pular fora do barco indo rumo à Giant Sparrow, a desenvolvedora responsável por The Unfinished Swan.

A transferência ocorreu no último dia 3 e Wells só revelou o acontecido no último fim de semana, através do Twitter. Novamente não há muitas informações acerca de sua saída, embora ainda poderemos ver sua arte nas plataformas da Sony em breve: a Giant Sparrow possui contrato para três games exclusivos e The Unfinifhed Swan foi o primeiro deles. Wells trabalhou na Irrational Games por 13 anos, até deixar o estúdio de Ken Levine em agosto de 2012. Entre seus trabalhos estão a direção de arte de BioShock, BioShock Infinite e The Last of Us.

Após três profissionais deixarem a Naughty Dog em tão pouco tempo, começa a se consolidar a hipótese que isso é um reflexo da crise pela qual a Sony atravessa. Ela está enfrentando uma recessão dos diabos, que a levou a tomar soluções drásticas como a venda da linha Vaio, a demissão de 5 mil funcionários em todo o globo e o desmembramento da divisão de TVs, que hoje é uma subsidiária.

Analisemos o histórico da Sony em 2014:

Não se sabe o que pode acontecer daqui para a frente, mas considerando que a Sony está fazendo de tudo para diminuir suas despesas é muito provável que as demissões, fechamentos, cancelamentos de projetos e partidas de profissionais de ponta para outros estúdios continue.

Fonte: CVG.

relacionados


Comentários