Meio Bit » Miscelâneas » Google Drive vai perder opção nativa de editar arquivos via mobile

Google Drive vai perder opção nativa de editar arquivos via mobile

Nova versão do Google Drive para Android e iOS só permitirá ler arquivos; para editá-los será preciso instalar dois novos apps, Planilhas e Documentos

7 anos atrás

google-docs-sheets

Parece que o lance de desenvolver apps relacionados para executar diversas funções que um único app provia originalmente está virando moda. Primeiro foi o Facebook ao desativar o chat de seu app principal, obrigando os donos de smartphones e tablets a instalarem o Messenger. Depois foi o Foursquare, que vai desmembrar o check-in no app dedicado Swarm, numa tentativa de tornar a aplicação original mais relevante no que tange à indicação de lugares.

Agora é a vez do Google. De acordo com os fuçadores do Android Police, o Google Drive não mais permitirá que seus arquivos de texto e planilhas sejam editados diretamente, exigindo dois novos apps dedicados tanto no Android quanto no iOS.

A versão 1.3 do Google Drive para Android ainda não foi liberada para o público, entretanto já é possível baixar o .apk assinado em algumas fontes, inclusive por aqui (compatível com Android 2.3 Gingerbrad e posteriores). O funcionamento dele é quase normal, entretanto ele só permite que você abra seus arquivos em um modo somente leitura. Ao tentar editá-los ele exibe uma mensagem, recomendando o usuário a instalar os dois novos apps lançados para Android e iOS na última quinta-feira: Planilhas (aqui e aqui) e Documentos (aqui e aqui).

Caso você já tenha instalado ambas aplicações, o Google Drive vai perguntar se você deseja abrir um deles caso queira editar seus arquivos. Em todo caso, ao menos no cenário mobile em breve teremos que carregar mais dois novos apps nos nossos dispositivos. Tudo bem que a edição em um app dedicado pode vir a ser melhor do que fazer tudo via Drive, mas é fato que muita gente se virava bem até então, e a ideia do Google é aproximar sua suite de aplicativos do Office (que é gratuito para Android e iPhones) e do iWork para iOS, onde cada app trata  de um tipo de arquivo diferente. Com isso o Drive mobile será apenas o armazenador, permitindo apenas visualização e não edição.

Fonte: AP.

relacionados


Comentários