Meio Bit » Games » Oculus VR quer MMO para um bilhão de pessoas

Oculus VR quer MMO para um bilhão de pessoas

CEO da Oculus VR revela o ambicioso plano de criarem um MMO para um bilhão de jogadores, mas parece ter esquecido de um detalhe: será que tanta gente terá acesso a um Oculus Rift?

7 anos atrás

oculus-rift

É, pelo jeito a venda da empresa para o Facebook fez com que muitos da Oculus VR passassem a achar que o céu é o limite e depois de um dos fundadores da companhia ter dito que os dispositivos de realidade virtual matarão a TV, chegou a vez do CEO revelar outro plano bastante ambicioso para Oculus Rift.

Ao conversar com alguns participantes do TechCrunch Disrupt, Brendan Iribe afirmou que a parceria com a rede social de Mark Zuckerberg poderia lhes permitir algo incrível, que seria a criação de um MMO que abrigasse um bilhão de jogadores. Para ele, isso exigiria uma rede maior do que a existente hoje, mas que o Facebook seria o lugar ideal para darem início a este sonho.

Tentando nos fazer acreditar que US$ 2 bilhões não são motivos suficientes, o executivo afirmou que, ao invés de venderem a companhia para uma empresa de games tradicional, ter acesso a uma imensa quantidade de usuários foi o que mais pesou para terem aceitado o negócio e deixou uma questão interessante: “você quer construir uma plataforma que tenha um bilhão de usuários, ou apenas 10, 20 ou 50 milhões?

É claro que chegar a um jogo online que reúna uma quantidade tão grande de jogadores ainda deverá demorar muito para acontecer, se é que um dia veremos isso, mas há um pequeno detalhe que Iribe parece ter esquecido nesta sua conta, que é o número de pessoas que terão acesso a um Oculus Rift.

Oras, mesmo que o Facebook tenham tantos usuários, quantos deles estarão interessados em ter um trambolho desses pendurado em suas cabeças? Quantos deles sonham com a possibilidade de bisbilhotar a vida dos vizinhos usando a realidade virtual e principalmente, quantos deles terão condições de investir em um HMD para viajar por um mundo virtual ao lado dos seus amigos do “Feice”?

No fundo acho o plano bacana, afinal o objetivo de uma empresa deve ser este mesmo, alcançar o maior número de pessoas, mas antes de sonhar com um bilhão de usuários, acho que a Oculus VR precisa primeiro se preocupar em colocar seu produto no mercado e convencer aqueles que de fato consomem tecnologia, para só depois mirar na minha mãe, no seu avô ou em todo aquele pessoal que veio do Orkut e ainda está procurando os GIFs animados e coisas do gênero.

Fonte: The Verge.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários