Meio Bit » Mobile » Embaixadora é empossada jurando sobre um Kindle

Embaixadora é empossada jurando sobre um Kindle

Manja aquelas cerimônias onde o sujeito jura defender a Constituição, bla bla bla? Essa semana foi a vez de uma Embaixadora dos EUA. A novidade é que ela jurou em uma cópia da Constituição, em um Kindle. Bem-vindo ao futuro.

6 anos atrás

selfiedooscar

Fosse aqui reclamariam do Jabá da Amazon.

A imagem acima foi obviamente postada pela Embaixada dos EUA em Londres. Mostra a Embaixadora Suzi LeVine, que servirá na Suíça (coitada) sendo empossada. A grande novidade é que o tradicional juramento com a mão na Constituição foi feito usando… um Kindle Touch.

Pela primeira vez em uma cerimônia diplomática foi demonstrado algo que a maioria das pessoas tem dificuldade de entender: a questão é o conteúdo, não o formato. Quando você compra um livro está pagando pelo texto, o papel é o de menos. Por isso tanta gente reclama injustamente de e-books, acham que deveriam ter um preço ínfimo, como se o trabalho do autor fosse o menos valorizado dos componentes.

Faça um teste: veja quantos amigos seus que baixam músicas e filmes sem o menor problema acham legítimo roubar um DVD pirata do camelô. O que vale é a mídia física. Livros idem, ainda mais em cerimônias. Ao reconhecer o texto da Constituição como a parte importante, o Departamento de Estados dos EUA deu um passo para o fim da Ditadura dos Átomos.

Mesmo assim não é a primeira vez que algo parecido acontece. Segundo o Washington Post, em fevereiro um grupo de bombeiros precisou de uma Bíblia para uma cerimônia de formatura, não acharam e usaram um iPad. Sim, existe uma App pra isso™. As portas abertas se tornam… interessantes. O iPad se torna um Livro Sagrado? Existem aplicativos do Talmud, do Alcorão e do Guia do Mochileiro das Galáxias. O simples fato de exibir um desses textos torna o tablet especial?

Profanar um iPad exibindo o Alcorão seria enquadrado como heresia? E se for um iPad onde há um app mas não está sendo usada? Mais ainda, e se você APAGAR o app?

Os livros mudaram muito desde a época em que vinham em tabletes de barro, até os tempos modernos onde vem em tabletes de silício, mas agora pela primeira vez a palavra desgruda do papel. Que passe logo esse período de transição e que as pessoas que com tanta alegria compram seus volumes de Game of Thrones percebam que não estão comprando papel, mas idéias, que assim como ORTNs, valem mais do que dinheiro!

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários